fbpx

Dia D em Belford Roxo terá 10 postos de vacinação antirrábica no sábado

Dando continuidade a capacitação para a campanha de vacinação antirrábica animal, o Departamento de Controle de Vetores e Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde de Belford Roxo certificou mais 50 agentes de combates às endemias (ACEs) na manhã desta quarta-feira (22-09), no auditório da Vigilância Sanitária, em Heliópolis. Ao todo, 90 ACEs já estão aptos para atuar no Dia D de combate à raiva, que acontecerá no próximo sábado (25-09), das 9h às 15h, em 10 pontos de vacinação: Heliópolis, Centro, bairro das Graças, Prata, Areia Branca, Andrade Araújo, Piam, Nova Piam, Santa Maria e Barro Vermelho. 

A capacitação foi ministrada pelas médicas veterinárias Taty Machado e Fabíola D’Ambrósio, que também estarão presentes no Dia D. De acordo com a Taty, muitas dúvidas surgiram dos alunos, tantos novos quantos os mais antigos no setor. “Antes de fazer a simulação da vacinação de um cachorro, nós conversamos sobre o que é a raiva, como se transmite e desenvolve, como os pontos de vacinação estarão preparados, a importância da imunização, entre muitos outros temas”, explicou Taty, que está no município desde 2004. 

Previsão de 10 mil animais vacinados 

                De acordo com o subsecretário de Saúde, Brayan Lima, a previsão é de que cerca de 10 mil cães e gatos sejam vacinados. “Sete agentes estarão em cada ponto de vacinação aplicando as doses. Com nossas ações semanais já conseguimos imunizar 25.471 animais, sendo 19.639 cães e 5.832 gatos”, informou Brayan. “Essa capacitação foi específica para o Dia D. Os demais ACEs serão capacitados, posteriormente, para ajudar no restante da campanha”, resumiu Alexandre Araújo, que é coordenador da campanha de vacinação antirrábica, junto com o Fábio Ladeira.  

                Trabalhando no setor de endemias há 30 anos, Luiz Cláudio, 52, explicou que é a segunda capacitação sobre o assunto que participa. “Antigamente, era comum ser escalado para a vacinação e nos passarem uma pequena revisão meia hora antes de começar a imunização. Agora a gestão nos dá condição para aprendermos de fato com uma capacitação técnica e mais segurança”, resumiu Luiz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: