Desembargador emite alvará de soltura a Queiroz

O desembargador Milton Fernandes de Souza, do TJ do Rio, ordenou, no início da tarde de hoje, que seja cumprida a liberação de Fabrício Queiroz. Como se sabe, o presidente do STJ, ministro João Otávio de Noronha, concedeu liminar ao ex-assessor de Flávio Bolsonaro para que sua prisão preventiva seja revertida em domiciliar. A decisão também beneficiou a mulher de Queiroz, Márcia Aguiar. O ofício do STJ validando a liminar foi encaminhado hoje ao TJ do Rio.
Fernandes de Souza determinou que a liberação seja cumprida com urgência. Queiroz foi preso em junho, após decisão do juiz Flávio Itabaiana de Oliveira Nicolau, da 27ª Vara Criminal preventiva, num desdobramento da investigação que apura o esquema de “rachadinha” na Alerj.
A expectativa é de que o ex-assessor deixe o Presídio Pedrolino Werling de Oliveira (Bangu 8), na Zona Oeste do Rio, ainda hoje.

Fabrício Queiroz na casa em que foi preso, em Atibaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: