Depoimentos de atletas olímpicos marcam o lançamento do projeto “Petrópolis Olímpica – Uma educação de valores”

O prefeito interino Hingo Hammes participou na manhã desta terça-feira (02.03) do lançamento do projeto “Petrópolis Olímpica – Uma educação de valores”, que estará sendo incorporado nas escolas e Centros de Educação Infantil (CEIs) da rede municipal pela Secretaria de Educação. O programa educacional se baseia nos valores olímpicos e gera uma ferramenta para favorecer o processo de ensino e aprendizagem, com maior conectividade e poder de mobilização dos jovens, incorporando o esporte e a educação olímpica em suas rotinas de aprendizado, tornando o ambiente escolar mais atrativo para os alunos.

O programa faz parte da área de educação do Comitê Olímpico Internacional (COI) e hoje está consolidado em 110 países. Atletas olímpicos como o levantador da seleção brasileira de vôlei e campeão olímpico Bruno Rezende, o ginasta olímpico Rafael Andrade, o atleta e medalhista na Paraolimpíada de Pequim 2008, Claudemir Santos, e o campeão mundial de mountain bike Henrique Avancini gravaram depoimentos sobre a importância do projeto para a cidade e sobre os valores inseridos pela prática desportiva como indutor da formação educacional de alunos. 

“Orgulho enorme participar deste momento. Acredito no esporte como ferramenta de aprendizagem, de desenvolvimento humano e social. Petrópolis não poderia ficar fora deste projeto que acontece em mais de 100 países. Temos que desenvolver essas atividades nas unidades educacionais, implementar essa cultura esportiva na cidade. Temos os Jogos Estudantis, com mais de 50 escolas da rede participando ativamente e acredito que o projeto Petrópolis Olímpica vai fortalecer ainda mais essa cultura e gerará muitos frutos para a cidade”, destaca Hammes.

O deputado estadual Sergio Fernandes também participou do lançamento e destacou a importância do programa, que leva às escolas as atividades esportivas. “Na Alerj, em 2019, já tinha aprovado um projeto que institui a prática de artes marciais nas escolas da rede estadual. Esse é o espírito do Petrópolis Olímpica: reter os alunos em um ambiente escolar mais dinâmico, e também ser um processo de inicialização esportiva. Trabalhar a educação por meio do esporte é sucesso garantido”, afirma o deputado.

“Agradeço a toda equipe da Educação e ao prefeito interino Hingo Hammes pelo apoio. É de extrema importância trabalhar desde cedo nas escolas a parte da educação física em consonância com os valores morais que regem as relações interpessoais. Por isso, a palavra que resume a construção desse projeto no município é gratidão, pois os reais vencedores serão os alunos da rede municipal”, atesta a secretária de Educação, Marcia Palma.

A primeira parte de formação do projeto já está marcada: será no dia 6 de abril. Todas as escolas receberão orientações com a instrução para indicar profissionais da unidade que ficarão responsáveis pela formação e acompanhamento do projeto. A ideia é que um módulo seja apresentado por mês. O cronograma com horário e demais datas será repassado pela Secretaria de Educação para as escolas e CEIs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: