Demi Lovato faz revelações em documentário: ‘Perdi minha virgindade em um estupro’

A cantora americana Demi Lovato conta que foi violentada quando era adolescente, quando era atriz do Disney Channel, em um documentário revelador que abriu o festival on-line de South By Southwest nesta terça-feira (17).

“Demi Lovato: Dancing with the Devil”, uma série original do YouTube que estreia na próxima terça (23), mostra a overdose sofrida pela cantora em 2018 e que lhe causou danos cerebrais e cegueira parcial. Também trata de sua luta contra o vício.

Demi Lovato canta no Grammy 2020 — Foto: KEVIN WINTER / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP

Demi Lovato canta no Grammy 2020 — Foto: KEVIN WINTER / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP

Apresentados como filme de abertura do festival SXSW, os quatro episódios também contêm novos detalhes das agressões sexuais sofridas por Lovato, incluindo uma na noite em que ela teve a overdose.

“Sei que o que vou dizer vai impactar as pessoas também. Mas, quando eu era adolescente, estava em uma situação bem parecida e perdi minha virgindade em um estupro”, diz Lovato.

“Estávamos abraçados, mas eu disse: ‘Isso não vai além, sou virgem e não quero perder [minha virgindade] desse jeito'”, conta. “Mas isso não importou — ele fez mesmo assim”, continuou.

Agora com 28 anos, Lovato não menciona seu agressor, mas diz que o estupro ocorreu quando ela “fazia parte do elenco da Disney” e que ela teve que “continuar vendo essa pessoa o tempo todo” depois do ataque.

A artista diz que denunciou o agressor, mas que ele “nunca teve problemas por isso — nunca foi retirado do filme, do qual estava participando”.

Lovato ganhou fama com o filme do Disney Channel “Camp rock”, filmado quando ela tinha 15 anos.

O SXSW On-line 2021, uma conferência de cinema, televisão, música e tecnologia, termina no próximo sábado (20).

Demi Lovato na série documental 'Demi Lovato: Dancing with the Devil'  — Foto: Reprodução/YouTube/DemiLovato

Demi Lovato na série documental ‘Demi Lovato: Dancing with the Devil’ — Foto: Reprodução/YouTube/DemiLovato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: