Decreto reduz em 20% salários do prefeito, vice prefeito e cargos comissionados do Poder Executivo de Cardoso Moreira

A Prefeitura de Cardoso Moreira, no Norte Fluminense, reduziu em 20% os salários do prefeito, Gilson Nunes Siqueira, vice prefeito e cargos comissionados ou funções gratificadas do Poder Executivo do município. A medida terá duração de três meses e afetará aqueles que tem remunerações cujos valores sejam superiores a R$ 2 mil.

De acordo com o governo municipal, a medida foi tomada “em razão da queda abrupta de receita que vem sofrendo o Município”, causada pela pandemia do novo coronavírus.Prefeitura de Cardoso Moreira, RJ, inicia recadastramento de ...

O decreto foi assinado no fim do último mês e começou a valer agora em maio. Em nota divulgada nesta quinta (7), em rede social oficial da Prefeitura, o governo de Cardoso Moreira confirmou a redução de salários e ainda esclareceu rumores sobra a suspensão do Auxílio Alimentação dos servidores municipais.

“informamos que tal medida só será adotada em último caso, para fins de evitar exonerações de servidores, sendo certo que eventuais exonerações só aprofundariam ainda mais a crise econômica do Município”, esclareceu o governo municipal.

Em Macaé (RJ), um decreto assinado na última segunda-feira (5), também reduziu salários do prefeito, Dr. Aluizio, de secretários municipais e seus cargos comissionados ou funções gratificadas. Por lá, no entanto, a redução foi de 10% da remuneração integral.

Cardoso Moreira, segundo boletim epidemiológico municipal divulgado nesta sexta-feira (8), tem 1 caso confirmado de Covid-19 e 24 sob investigação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: