Decoração especial e apresentações musicais abrem a temporada de Natal no Palácio Guanabara

O Palácio Guanabara, sede do Governo do Estado do Rio de Janeiro, ganhou, nesta segunda-feira (30/11), uma decoração especial de Natal. Uma apresentação musical também foi realizada nas escadas do prédio histórico e marcou o início do ‘Natal Cultura Presente’, projeto que levará para todo o estado as festividades de fim de ano. As atrações musicais ficaram por conta da apresentação da Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro – projeto do grupo Ação Social Pela Música – e do coral “Madrigal do Vila”, coral da Escola de Música Villa-Lobos.

 
– O Governo do Estado inicia o mês de dezembro com essas belas apresentações nesta casa, que é do povo, depois de tanto tempo, sem as grades que separavam o Palácio Guanabara da população fluminense. Este é um patrimônio do estado do Rio de Janeiro – falou o governador Cláudio Castro, que se apresentou junto com os grupos musicais durante a cerimônia.
 
Durante o mês de dezembro, serão realizadas apresentações todas às sextas-feiras, abertas à população, na escadaria do Palácio Guanabara, seguindo os protocolos sanitários para não gerar aglomeração. Promovido pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa – com o patrocínio da Fecomércio-RJ – o ‘Natal Cultura Presente’ também chegará a outras regiões fluminenses e inclui, além de apresentações musicais, e ocupação de equipamentos públicos em diversos municípios.

 
Moradora de Laranjeiras, Marcela Império estava passando em frente ao Palácio Guanabara e parou para assistir às apresentações, ao lado da filha Estela, de 6 anos.

 
– Ouvimos a música e paramos para apreciar a música. Foi maravilhoso – disse Marcela.

 
Antes da apresentação, todos os participantes do coral e da orquestra passaram por testes para a Covid-19. Regente e professor da Escola de Música Villa-Lobos, Leandro Gregório, contou que, em virtude da pandemia do novo coronavírus, as apresentações do coral não ocorreram em 2020.
 
– É um privilégio e um prazer participar desta apresentação. Foi bem difícil para eles o afastamento durante esse tempo todo, mas as aulas online seguiram. Especialmente no coral, a gente conseguiu manter um ensaio semanal, o trabalho foi feito. A gente só fez um encontro para estar aqui, eles choraram, foi muito emocionante poder rever. Isso é bem significativo para a vida de todo mundo – comentou o professor.

 
Amanda Acosta, integrante da Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro, resumiu de que forma a música pode ajudar as pessoas durante a pandemia.
 
– A música representa a esperança. Nesse momento tão difícil, acho que ela pode ser a luz no fim do túnel, aquele conforto no coração de todo mundo que está passando por esse momento tão difícil – descreveu a jovem, de 22 anos.

Programação
 
Na quarta-feira (02/12), a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa reabre a Biblioteca Parque Estadual para o público. Na quinta-feira (03/12), será realizada uma exposição de livros na Central do Brasil com apresentação da orquestra para os trabalhadores no local.
 
O Natal Cultura Presente também vai percorrer o interior. As cidades de Miracema, Cambuci, Magé, Duque de Caxias, Queimados, Areal e Nova Iguaçu terão ações incentivadas como o projeto Cinema Presente na Praça, além de apresentação das orquestras e ativações natalinas em praças públicas.
 
– A cultura se reinventou em meio aos protocolos de segurança para garantir lindas atrações neste momento especial que conta com uma forte presença do estado, tanto no cuidado com o cidadão quanto na promoção de ações positivas na vida das pessoas – disse a secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa, Danielle Barros.

 
Projetos incentivados

 
O Governo do Estado também vai apoiar eventos natalinos, como a Liga do Natal, um espetáculo que dá continuidade ao ‘Vila Encantada de Natal’ e será exibido em formato de série de TV.


Já o Natal Mágico é uma exposição cultural, em Cabo Frio. Também terá apresentação artística, para destacar a cultura natalina brasileira, com seus costumes e crenças.

 
O Festival Halleluya acontece no dia 12 de dezembro, no Cristo Redentor, no formato de live. O evento contará com cinco pontos de retransmissão na cidade do Rio de Janeiro, tendo como foco a juventude. A ideia é promover ações de dignidade da pessoa humana.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: