fbpx

De ministros a blogueiros, veja quem são os convocados a depor na CPI das Fake News

A CPI das Fake News começa na próxima semana uma série de depoimentos que podem expor ainda mais as desavenças no PSL e trazer dor de cabeça ao governo Bolsonaro . Em minoria na comissão, os governistas, no entanto, buscam sair do foco, tentando arrastar para o centro das investigações também o PT. Com 152 requerimentos aprovados, a comissão marcou para a próxima quarta-feira o depoimento do deputado Alexandre Frota (PSDB-SP), neodesafeto do governo Bolsonaro.

Ele será o primeiro convidado a ser ouvido com potencial de causar problemas ao Planalto. Na lista de pessoas chamadas estão ainda celebridades, empresários e blogueiros de direita e esquerda. Até a apresentadora Maju Coutinho e o cantor Caetano Veloso integram a lista de convocados.

Convocados

A comissão aprovou 29 convocações, entre as quais as de

  • Fábio Wajngarten, secretário especial de Comunicação Social da Presidência;
  • Felipe Martins, assessor especial da Presidência para assuntos internacionais;
  • Gleisi Hoffmann, deputada federal e presidente do PT;
  • Paulo Marinho, empresário e primeiro suplente do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ);
  • Luciano Hang, empresário, dono da rede de lojas de departamentos Havan, apoiador do presidente Jair Bolsonaro;

Convidados

A comissão também aprovou 38 convites para, entre outros,

  • Delegado Waldir (PSL-GO), ex-líder da legenda na Câmara;
  • Joice Hasselmann (PSL-SP), ex-líder do governo no Congresso;
  • Carlos Alberto Santos Cruz, general da reserva e ex-ministro da Secretaria de Governo
  • Elizabeth Warren, senadora americana e pré-candidata a presidente dos Estados Unidos pelo Partido Democrata;
  • representantes de portais de notícias
  • representantes de sites de checagem de notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: