fbpx

Datena anuncia a integrantes do PSL que vai deixar o partido em direção ao PSD

O apresentador de televisão José Luiz Datena (PSL) avisou a integrantes do partido que vai deixar a legenda em direção ao PSD, que há poucos dias filiou também o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (MG). As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

O presidente do PSD, Gilberto Kassab, confirmou a escolha de Datena pelo partido. “É com imensa alegria e satisfação em todos os estados do país que o PSD recebeu a escolha de Datena pelo partido”, disse Kassab. “O partido está em festa e Datena traz um poderoso ativo para o partido em 2022”, completou.

O presidente do PSL, Luciano Bivar, disse que não foi informado de uma iminente desfiliação de Datena.

O movimento de Kassab ao atrair Datena pode ser decisivo para que Geraldo Alckmin também integre o quadro do PSD para as disputas de 2022, segundo a âncora da CNN. Para Kassab, é importante ter um palanque forte em São Paulo.

Alckmin pode vir a disputar o governo de São Paulo pelo PSD contra o candidato de João Doria (PSDB), que Alckmin lançou na política em 2016. Se Doria concorrer à presidência, o candidato apoiado pelo atual governador de São Paulo deve ser o seu vice, Rodrigo Garcia (PSDB).

Em confirmada a saída do PSL, Datena deixará o partido depois de o presidente da legenda, Luciano Bivar, ter declarado à CNN, em julho, que, no que dependesse dele, o apresentador seria o candidato da legenda à presidência da República em 2022.

No mês passado, porém, a fusão entre o PSL e o DEM para a criação do União Brasil pode ter alterado o cenário para o pleito do ano que vem.

Datena chegou a se filiar ao MDB de São Paulo em março de 2020 como um dos cotados para concorrer à prefeitura, mas não chegou a disputar e se filiou ao PSL em julho de 2021 como pré-candidato à presidência pelo partido que elegeu Jair Bolsonaro (sem partido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: