Cultura do Pertencimento: Governo do Estado leva alunas do Programa Empoderadas ao Theatro Municipal

Projeto beneficia pessoas assistidas pelos programas estaduais

Na manhã desta quarta-feira (03), alunas do Programa Empoderadas, dos polos do Complexo do Alemão e da Quadra da Escola de Samba Beija-Flor de Nilópolis tiveram a oportunidade de conhecer uma jóia do Rio de Janeiro, o Theatro Municipal. A atividade faz parte do Projeto Cultura do Pertencimento da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, em parceria com o teatro. Durante a visita guiada, as Empoderadas aprenderam detalhes sobre a construção, personagens importantes e a história do Theatro.

O projeto Cultura do Pertencimento leva este grupo e vários outros atendidos pelo Estado para atividades de lazer e cultura. O deslumbramento estava no olhar de cada uma das alunas do programa.

–  Isso é muito bom, faz bem para a gente ter essas ações, além de todos os benefícios de estar no Empoderadas, que são as atividades e toda a rede de apoio que eles nos dão – contou Ana Lídia Pereira, de 27 anos.

Essas atividades externas proporcionam não apenas novas experiências às alunas, mas ajudam no trabalho de construção da autoestima e na integração dos grupos.

–  Participar de um projeto como esse me emociona muito. Quando entrei no Empoderadas nem estava andando direito. Hoje eu estou andando, fazendo ginástica, tentando correr e pular. Uma amiga me chamou para conhecer o programa e não quero mais nada. – disse Vilma Arcanjo, de 59 anos.

A supervisora Monique Bispo destacou a importância de mostrar que esses lugares estão disponíveis para todos, inclusive para as alunas do Programa Empoderadas, além de proporcionar mais conhecimento e cultura.

– Foi uma experiência única, não só para elas, mas para mim ao acompanhá-las e ver o brilho no olho de cada uma. É importante elas entenderem que lugares assim são acessíveis. Muitas delas moram no Rio de Janeiro, nasceram aqui e nunca foram ao Theatro Municipal. Elas adoram essas visitas e já estão ansiosas para as próximas – disse.

O Cultura do Pertencimento já tem novidade na agenda. Na terça-feira (09), às 11h, as alunas da Escola de Divines, os idosos do Abrigo Cristo Redentor e os frequentadores do Hotel Acolhedor irão ao AquaRio, em outra parceria do projeto.

Sobre o programa Cultura do Pertencimento

O projeto Cultura do Pertencimento, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, foi criado em julho de 2023 com o objetivo de integrar, melhorar a autoestima e o sentimento de pertencimento das pessoas assistidas pelo Governo do Rio. A proposta não se limita a garantir experiências culturais e de lazer. Vai além, trabalhando para que os idosos do Abrigo Cristo Redentor, os frequentadores do Hotel Acolhedor, as pessoas com deficiência, crianças migrantes, e outros acolhidos pela Secretaria, se sintam não apenas acolhidos pelo nosso Estado, mas que percebam que os espaços turísticos e culturais do estado do Rio também estão disponíveis para eles.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *