fbpx

Criminoso acusado de torturar morador após desaparecimento dos 3 meninos em Belford Roxo é preso

Ruan Igor Andrade de Sales, conhecido como Melancia, gerente de carga do tráfico da comunidade Castelar, em Belford Roxo, foi preso em casa, no bairro Vila Pauline, nesta terça-feira (23). Contra ele, foi cumprido um mandado de prisão preventiva pelo crime de tortura.

De acordo com as investigações, “Melancia” e outros nove traficantes foram investigados e indiciados por participarem da tortura de um morador da comunidade em janeiro deste ano.

Na ocasião, a vítima foi agredida com pauladas, chutes e coronhadas de pistolas e fuzis. Ela teve ainda um pedaço da orelha arrancado pela mordida de um dos criminosos. Ela foi apontada pelos traficantes como a responsável pelo desaparecimento das três crianças de Belford Roxo. As investigações descartaram a participação da vítima no desaparecimento das crianças.

A sessão de tortura foi executada pelos traficantes do Castelar e teve a participação direta do “Piranha”, que da Vila Cruzeiro no Complexo da Penha mantinha contato em tempo real com “Estala” e “VT” por vídeo chamada, dando as ordens que deveriam ser seguidas.

Na imagem, três meninos de Belford Roxo desaparecidos
Lucas Matheus, de 9 anos, Alexandre Silva, de 11, e Fernando Henrique, de 12, saíram de casa para brincar no final do ano passado e nunca mais foram vistos

Os meninos Lucas Matheus da Silva, de 8 anos, Alexandre da Silva, de 10, e Fernando Henrique Ribeiro Soares, de 11, estão desaparecidos desde 27 de dezembro de 2020.

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense pede colaboração dos moradores da comunidade Castelar com informações e denúncias pelo telefone 98596-7442. O anonimato é garantido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: