Crianças, jovens e adultos com deficiência antecipam a festa de fim de ano em Japeri

Crianças, jovens e adultos que participam do Projeto de Esportes Adaptados para deficientes, da Prefeitura de Japeri, viveram nesta quarta-feira (19) uma tarde de confraternização de fim de ano com direito a churrasco, banho de piscina para amenizar o calor e distribuição de presentes do Papai Noel.

O evento, que contou com a presença do prefeito em exercício, Cezar Melo, foi realizado num sítio do bairro Teófilo Cunha, encerrando as atividades de 2018, com saldo altamente positivo.

 Cezar Melo confirmou o seu propósito de expandir aos poucos, em 2019, o número de núcleos do projeto pela cidade. “É um trabalho de suma importância para milhares de famílias”, explicou o prefeito, lembrando que cerca de 28% da população de Japeri têm algum tipo de deficiência física, auditiva, intelectual ou múltipla.

“Diante das dificuldades que atravessamos, este ano, eu diria que 2018 foi bastante proveitoso, permitiu que pudéssemos desenvolver normalmente nossas atividades e fechar este ciclo com chave de ouro”, festejou o secretário municipal de Esporte, Turismo e Lazer, José Célio de Araújo, o Celinho.

Para o secretário municipal de Ação Social, Marcio Rodrigues Rosa, o Bibi, a ideia do projeto é oferecer um pouco mais de conforto e sociabilizar as crianças com deficiência para que haja de fato a inclusão dessas pessoas.

Chefe da Coordenadoria de Pessoa com Deficiência (Coordef) e subsecretário de Ação Social, Valnei Costa explicou que o Esportes Adaptados é a integração de várias secretarias que tem como objetivo prestar atendimento eficaz e amplo aos portadores de deficiência.

“Neste dia de confraternização, pensamos seriamente no futuro dessas pessoas, que dependem da nossa atenção e do nosso carinho para que tenham cidadania”, observou Valnei Costa.

NOVE ANOS DE PROJETO

Quem muito se esbaldou na festa de Fim de Ano do projeto foi a dona de casa Maria Duarte de Lima. Mãe de Vitória, de 12 anos, portadora da síndrome de down, ela não escondia a felicidade.

“Minha filha participa deste programa, desde os três anos de idade. Aqui, ela se sente muito bem, fica feliz da vida participando do projeto, onde gosta de jogar vôlei. É nota 10 para o prefeito, os secretários e os professores que cuidam da gente”, disse, emocionada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito