Covid-19: Rio se aproxima de 50 mil óbitos pela doença

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio (SES) informou que registrou, até esta quarta-feira, 828.283 casos confirmados e 48.662 óbitos por coronavírus no estado. Nas últimas 24 horas, foram contabilizados 4.827 novos casos e 349 mortes. A taxa de letalidade da covid-19 no Rio está em 5,88%, a maior do país. Entre os casos confirmados, 766.981 pacientes se recuperaram da doença.

Segundo o painel de dados desenvolvido pela pasta, a taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para a covid-19 no estado é de 82,9%. Já a taxa de ocupação nos leitos de enfermaria é de 62,1%. 

Ministério da Saúde orienta reforço da vacina com a segunda dose mesmo que com atraso

Com relatos de atrasos da segunda dose da vacina contra o covid-19 em alguns estados, especialistas orientam a população a completar a imunização, mesmo depois do prazo recomendado pelo laboratório.

De acordo com o diretor da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), o médico pediatra Renato Kfouri, quem não conseguiu tomar a segunda dose no momento agendado deve tomar assim que possível. Kfouri frisou ainda que nenhuma dose é perdida.

“Nestes casos, onde o atraso ocorreu, essa vacinação deve acontecer o mais rápido possível, para que esse esquema seja finalizado o quanto antes. Não há nenhuma informação de que doses aplicadas e que eventualmente não completadas sejam perdidas, muito pelo contrário, o que as vacinas nos ensinam ao longo de décadas de sua utilização, é que nenhuma dose é perdida, o esquema começado só deverá ser completado, jamais reiniciado”, frisa o médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: