fbpx

Covid-19: Rio bate 95% dos leitos de UTIs ocupados; cinco municípios do estado atingem 100%

O município do Rio atingiu a marca de 95% de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), nesta terça-feira. De acordo com o painel de covid-19 do Estado do Rio, dos 664 leitos disponíveis em unidades públicas, 633 estão sendo usados. Já a ocupação dos leitos de enfermaria está em 89% – 374 leitos ocupados de 418.


Segundo os dados do painel, cinco municípios atingiram 100% de ocupação em seus leitos de UTIs. As cidades são: Bom jesus do Itabapoana, Itaguaí, Itaperuna, Miracema e Nova Friburgo. Outras três cidades estão com seu leitos de UTIs com mais de 90% de ocupação, são elas: Duque de Caxias (91%), Guapimirim (90%) e Teresópolis (94%).

Já em relação às enfermarias, apenas duas cidades possuem 90% ou mais de sua capacidade preenchida: Duque de Caxias (96%) e Teresópolis (100%).

Nova cepa

A Secretaria de Saúde do Rio (SES) informou nesta segunda-feira que a nova variante Delta já é a mais encontrada nas amostras coletadas pelos técnicos no Estado. Na capital, de acordo com o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, a nova cepa foi encontrada em 56,6% das coletas feitas no último mês.

Devido ao avanço da variante, a SES confirmou ao DIA que irá contratar 150 leitos na rede privada. De acordo com a pasta, o procedimento está em análise jurídica e a expectativa é que o chamamento público seja publicado em 15 dias. O anúncio é o primeiro passo de um modelo de contratação feito sem licitação e já usado pelo estado durante a pandemia para expandir o número de leitos.

Na última sexta-feira, o prefeito Eduardo Paes confirmou que o estado é, atualmente o epicentro da pandemia no país.  “Nesse momento o lugar com mais casos em crescimento no Brasil é o Rio de Janeiro. Graças a Deus, isso não está se transformando em óbitos, porque temos estrutura e avançamos na vacinação. Mas o epicentro da pandemia nesse momento, em número de casos, é o Rio”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: