fbpx

Corredor Turístico de Segurança: elogios e bons resultados no Centro do Rio

Lançado pela Polícia Militar no último dia 22 para reforçar o patrulhamento entre a Lapa e a Praça Tiradentes, no Centro do Rio, o Corredor Turístico de Segurança já vem colhendo bons resultados. Nestas três semanas de operação, o aumento da sensação de segurança já pôde ser sentido por quem trabalha ou frequenta a região, umas das mais importantes da cidade por seu patrimônio histórico.


Este é o caso de Afonso e Camile Barcelos, moradores do Amazonas e que vêm ao Rio desde 2015.


– Desde que viemos a primeira vez, há seis anos, nós percebemos um aumento do policiamento nas ruas. Isso é essencial para quem chega para visitar os pontos turísticos do Centro, como os Arcos da Lapa, o Theatro Municipal, os belos casarões históricos, entre tantos outros cartões-postais. Fazemos questão de tirar fotos para, inclusive, mostrar a amigos e familiares no Amazonas – disse Afonso Barcelos, advogado de 30 anos.


O Corredor Turístico de Segurança é um projeto do Governo do Estado capitaneado pelo comandante do 5º BPM (Praça da Harmonia), o tenente-coronel Antônio Ludogero. O oficial explica que o policiamento atua nos locais com maior incidência criminal e em pontos de concentração de pessoas na Lapa e Praça Tiradentes.


– Nós já fazíamos um acompanhamento diário da nossa área e percebemos uma movimentação criminosa após a reabertura do comércio e a volta à normalidade de certas atividades. A partir daí, passamos a nos reunir com mais frequência com empresários e comerciantes locais, a fim de entender as demandas. E, ao tomar conhecimento delas, decidimos implantar esse tipo de policiamento – explicou Ludogero.


O projeto conta com 24 policiais e quatro pontos fixos de viaturas do 5º BPM (Lapa/Lavradio/Gomes Freire/Tiradentes) e um policiamento com circulação constante. Além disso, duas guarnições cuidarão da segurança durante o período do dia, contando ainda com uma cabine fixa na Rua Teixeira de Freitas, que foi reativada.  


– Optamos por uma escala diferenciada, com foco de serviço específico do serviço, e demos um treinamento especial para nossos policiais – ressaltou o comandante.


A definição dos horários e áreas críticas foi debatida com os empresários e comerciantes. As reuniões com o grupo acontecem periodicamente. Para os comerciantes, a necessidade de um patrulhamento diferenciado tornou-se ainda mais importante nessa nova fase de retomada da economia.


– A Polícia Militar convidou representantes do Polo Novo Rio Antigo para conversar e ver qual era a nossa demanda. Isso foi maravilhoso! O Lapa Presente já faz um trabalho excelente, mas, com o aumento do movimento, especialmente à noite, a sensação de segurança aumentou. Todo policiamento é bem-vindo – comemorou Gustavo Marins, dono do Bar Brasil e diretor do Polo Novo Rio Antigo.


O projeto Corredor Turístico de Segurança não é apenas realizado com a atividade policial em conjunto com associações comerciais. Envolve ainda a participação da sociedade civil, moradores da região e outros órgãos municipais e estaduais, como o Programa Lapa Presente, que realiza um trabalho complementar ao do 5º BPM, de forma que não haja sobreposição do policiamento e ampliando o raio de atuação e a ostensividade.  


– O Lapa Presente é um serviço que deu muito certo, mas que tem uma limitação de horário e de efetivo. Então, a gente acaba complementando e apoiando esse serviço – concluiu Ludogero.


Lapa Presente vai completar oito anos


Inspiração para os núcleos da Operação Segurança Presente, do Governo do Rio de Janeiro, o Lapa Presente chega aos oito anos de atividades em 1º de janeiro de 2022 com motivos para comemorar. Até hoje, a ação que une policiais militares e agentes civis que circulam pela região a pé, de bicicleta e de viatura conduziu a delegacias mais de 7,7 mil suspeitos de crimes no Centro, bem como cumpriu cerca de mil mandados de prisão, localizou aproximadamente 40 desaparecidos e realizou 88,5 mil atendimentos sociais.


No primeiro semestre deste ano, os agentes da operação zeraram os índices a roubo de veículos e conseguiram reduzir a 53% o roubo a pedestres.


O Lapa Presente realiza patrulhamento em mais de 20 ruas e áreas de grande visitação turística, bares, residências e comércio em geral e funciona de domingo a quinta-feira, das 19h às 3h, e sextas e sábados, das 21h30 até as 5h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: