fbpx

Corpo de Bombeiros lança Operação Verão depois de investir R$ 3 milhões

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro lançou nesta terça-feira, dia 21, a Operação Verão 2021/2022. Até março, a corporação reforça as ações táticas de prevenção e salvamento marítimo em todo o estado, tendo em vista o aumento significativo da frequência de banhistas e do tráfego de embarcações em praias, rios, lagoas e lagos nesta época do ano.

O planejamento estratégico da corporação para o período engloba a ampliação do efetivo empenhado na orla fluminense, por meio do pagamento do Regime Adicional de Serviço (RAS), além de investimentos de mais de R$ 3 milhões em viaturas e equipamentos.

Visando à melhoria constante do serviço, a corporação adquiriu, no último ano, 20 motos-aquáticas e quase 200 pranchões de salvamento, além de 1.354 nadadeiras e equipamentos de proteção individual, incluindo mais de 40 mil fotoprotetores corporais e labiais.

O Corpo de Bombeiros também empenhou mais de R$ 45 milhões para aquisições complementares, que estão em fase final de licitação. Estão em fase de compra: 12 botes infláveis; 22 motos-aquáticas; 42 quadriciclos; 500 guarda-sóis; 650 cadeiras de praia; 43.814 itens de vestuário, incluindo casacos, calças, camisetas, calções, sungas e bonés com fator de proteção solar; 2.040 óculos de sol; 4.419 apitos; 1.608 garrafas térmicas; e 1.663 máscaras para Reanimação Cardiopulmonar (RCP). Também estão previstas as instalações de 104 novos entrepostos de guarda-vidas e a modernização de 10 lanchas.

– A preparação para o verão é parte de um planejamento que tem como objetivo manter a excelência dos serviços prestados à população, garantindo a segurança da tropa. Adotamos uma série de ações voltadas para a modernização dos nossos materiais operacionais e da nossa frota, ao mesmo tempo em que investimos na valorização do capital humano, com reforço de cursos, capacitações e qualificações; ampliação das gratificações; melhoria das condições de trabalho e alimentação; e readequação de escalas dia nossos guardas-vidas – afirmou o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do CBMERJ, coronel Leandro Monteiro. 

Raio-X

O serviço marítimo do CBMERJ conta com um total de 217 postos de salvamentos, que cobrem os 246 quilômetros da orla fluminense. Cerca de 1.200 militares atuam nas praias do Estado, com apoio de embarcações, botes, motos aquáticas, quadriciclos, helicópteros e drones. Reforçando a prevenção a afogamentos e a comunicação com a população, a corporação também conta com 4.750 placas de sinalização de perigo, 200 totens informativos e 18.900 bandeiras de sinalização de risco em pontos estratégicos da orla.

Operação Verão

Na estação mais quente do ano, o CBMERJ realiza uma média de 220 mil ações de prevenção nas praias – cerca de 2.200 por dia, 90 por hora, o que equivale a 1,5 pessoa orientada a cada minuto. De dezembro de 2020 a março de 2021, mais de 5 mil resgates foram realizados nos mares do Rio de Janeiro, aproximadamente cinco por dia. Quase um por minuto.

Recomendações para evitar afogamentos: 

 – Procurar sempre locais próximos aos postos de guarda-vidas;

 – Respeitar as placas e/ou bandeiras de sinalização;

 – Perguntar ao guarda-vidas qual o local mais apropriado para o banho de mar;

 – Não ingerir bebidas alcoólicas e entrar no mar;

 – Evitar entrar na água logo após se alimentar;

 – Não desviar a atenção das crianças. Vale identificá-las com nome e telefone para contato;

 – Caso saiba e pretenda nadar, a orientação é praticar a atividade paralelamente à areia;

 – Evitar locais que são conhecidos como points de surfistas. Desta forma, é possível prevenir acidentes com pranchas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: