Conselho Nacional de Previdência Social cria grupo para combater fraudes e assédio contra aposentados

As fraudes e o assédio contra aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem estar com os dias contados. Em reunião no último dia 27, o Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS)decidiu criar um grupo de trabalho para elaborar medidas que protejam, efetivamente, os segurados. Atualmente, há 30 milhões de contratos de crédito consignado ativos no país, totalizando R$ 188 bilhões injetados na economia. Esse valor que chama a atenção dos golpistas, que veem aposentados e pensionistas como “presas” valiosas.

Mesmo com o nome na lista de "não perturbe", ligações oferecendo empréstimo consignado não param
Mesmo com o nome na lista de “não perturbe”, ligações oferecendo empréstimo consignado não param

“O crédito consignado é uma boa política para o aposentado, mas é preciso avaliar cada uma das etapas da contratação e melhorar o processo”, afirmou o presidente do INSS, Leonardo Rolim, presente à reunião.

Uma fonte participante do encontro informou ao Jornal EXTRA que, no próximo encontro, previsto para 24 de junho, já devem ser conhecidas algumas medidas para proteger o aposentado de golpistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: