Conselho Municipal de Cultura de Rio das Ostras cria novas comissões temáticas de trabalho

As comissões temáticas de trabalho criadas pelo Conselho Municipal de Cultura de Rio das Ostras, visando o desenvolvimento e a criação de ações e atividades que venham auxiliar a classe artística de todas as áreas estabelecidas no município, já estão trabalhando a todo vapor.

Foram criadas cinco comissões, sendo uma para revisão e alteração do Regimento Interno, outra para organização dos documentos do Conselho de Cultura, a que está discutindo leis de Cultura, a que estuda os impactos da pandemia denominada Crise da Cultura; e a que está na organização da realização da IV Conferência Municipal de Cultura. É importante ressaltar que todas as comissões são paritárias, formadas por membros da sociedade civil e do Poder Público.

Para a presidente da Fundação de Cultura, Cristiane Regis, que compõe as comissões que estudam as Leis de Cultura e da crise no setor por conta da pandemia, o trabalho do Conselho é importante, principalmente porque conta com a participação da sociedade civil. “O trabalho em conjunto entre o Poder Público e a população é fundamental para a tomada de decisões voltadas para o desenvolvimento da cultura no município”, afirmou.

Já a presidente do Conselho Municipal de Cultura, Micha Devellard, ressaltou o trabalho de todos na busca de soluções para os problemas enfrentados na Cultura, principalmente neste período de pandemia. “Nesse momento tão difícil que a humanidade está passando, a grande maioria dos artistas ficou sem ter como sobreviver de sua arte. E o trabalho, tanto do Conselho de Cultura quanto da Fundação, se intensificaram para tentar minimizar os efeitos da pandemia. Com isso, nós, da sociedade civil e Poder Público, resolvemos durante as reuniões do Conselho, resolvemos criar pequenas comissões, como grupos de trabalho, visando atender às demandas de todo setor artístico cultural da Cidade. Além disso, neste ano também temos que estudar e realizar a Conferência de Cultura”, declarou Micha, completando que o trabalho das comissões está ajudando demais o trabalho, principalmente a Comissão de Crise da Cultura em tempos de pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: