Comunidade Feital em Magé é reconhecida como Quilombo

Mais um passo para o resgate da cultura quilombola foi dado durante o mês de novembro. A Comunidade Feital, localizada no primeiro distrito de Magé, foi reconhecida como remanescente do quilombo pela Fundação Cultural Palmares. O decreto foi publicado no dia 9 de novembro e aproximadamente 40 famílias serão beneficiadas.

A coordenadora do COMPPPIR – Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial, Ivone Bernardo, ressalta que com esta vitória a comunidade passa a ter direito às políticas estaduais e federais. “O Programa Brasil Quilombola garante direitos para as comunidades quilombolas certificadas como, por exemplo, o direito de ter escolas de ensino fundamental que ensinem a cultura dos Quilombos e unidades de saúde que trabalhem com ervas medicinais. Dessa forma, a cultura não se perde. Além disso, a Prefeitura recebe incentivos especiais para implantar programas que beneficiem a população”, explicou.

quilombo-do-feital

Além do Feital, a Fundação Palmares também já certificou em Magé o quilombo Maria Conga há 11 anos. O município ainda aguarda o reconhecimento de uma terceira comunidade, o quilombo Kilombá, de Bongaba. Com essa certificação, essas regiões se consagram verdadeiros redutos do resgate da cultura quilombola no estado do Rio de Janeiro.

Ações da Coordenadoria
Ao longo de novembro, o COMPPPIR também aproveitou as comemorações do Mês da Consciência Negra para propagar os diretos quilombolas através de ações como rodas de conversas nas unidades do CRAS – Centro de Referência de Assistência Social. O tema trabalhado foi “Consciência Negra, Igualdade Racial e Resistência”. Entre os desdobramentos, foi falado sobre a luta de Zumbi dos Palmares; leis raciais; empoderamento da mulher negra; e estatísticas da mulher no mercado de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito