Com controle da pandemia, países retomam agenda de shows e eventos.

Países pelo mundo estão retomando suas agendas de shows e eventos culturais presenciais à medida que controlam a disseminação da covid-19.

Levantamento do Poder360 listou as principais atrações a partir de maio de 2021. A maioria dos canais de venda de ingresso não especifica medidas de segurança da pandemia, como uso de máscara, testes ou a exigência de se estar vacinado.

Os Estados Unidos e países da Europa concentram a maioria dos grandes shows no ano. Só nos EUA serão pelo menos 12 apresentações.

Com avanço da vacinação, os norte-americanos já podem parar de usar máscaras ou manter distanciamento social na maioria dos ambientes internos e externos, independentemente do tamanho do local. A permissão vale para quem já foi totalmente vacinado contra a covid.

Israel também vai realizar eventos com artistas locais. O país tem a maior proporção de pessoas vacinadas contra a covid-19. Registrou queda de 99% no número de mortes diárias desde o pico de óbitos e vislumbra o fim da pandemia de coronavírus.

O país adota como requisito para ir a eventos uma autorização chamada Green Pass. Trata-se de um passaporte que permite a entrada em locais ou instalações para pessoas vacinadas e pacientes recuperados da covid.

Antes da retomada, alguns países apostaram em eventos-teste. Na Inglaterra, ainda em agosto de 2020, o show do cantor Sam Fender foi organizado com espaços cercados, em que só pessoas de um mesmo núcleo poderiam ficar, evitando aglomeração. Foram 500 baias de até 5 pessoas cada.

Outro show-teste foi em Barcelona, na Espanha, em 27.mar.2021. As 5.000 pessoas não precisaram respeitar o distanciamento social, mas tiveram que usar máscara durante a apresentação e fazer testes para detectar a covid. Do total, 6 pessoas foram diagnosticadas com a doença depois do evento.

BRASIL

Os organizadores cancelaram ou adiaram a maioria dos shows programados para 2021 no Brasil.

É o caso do festival João Rock, em Ribeirão Preto (SP). Inicialmente marcado para junho de 2020, o evento foi transferido para setembro. Com o agravamento da pandemia, foi adiado novamente para 21 de junho de 2021. Na 4ª feira (12.mai), a organização anunciou em seu perfil no Instagram que o festival foi postergado de novo, agora sem informar uma nova data.

A cantora Ivete Sangalo realizaria um show em 17.set.2021 o Espaço das Américas, em São Paulo. O evento também aparece como “remarcado” na página de compra de ingresso, e não há informação de uma possível nova data.

No dia 7.ago.2021, a banda Jota Quest se apresentaria no Serra Sul Shopping, em Pouso Alegre (MG). O evento continua na agenda oficial no site do grupo. Na página de venda online de ingressos Ticket360, o evento aparece como “remarcado”.

Poder360 entrou em contato com a banda para saber se o evento está confirmado ou se há previsão de uma nova data para o show. Até a publicação desta reportagem não havia resposta.

O show da banda norte-americana Black Stone Cherry continua confirmado no site de venda e distribuição de ingressos Eventim. Será dia 21.ago.2021, na Ópera de Arame, em Curitiba.

Com ingressos também vendidos pela plataforma, o cantor Roberto Carlos se apresentará em Ribeirão Preto em 29.out.2021. Na página há o seguinte comunicado:

“Os shows nas novas datas previstas serão realizados se puderem ser atendidas todas as regras e orientações sanitárias vigentes e autorizado pelos órgãos competentes, se modo a garantir a segurança tranquilidade e conforto do público. Caso os shows não possam ser realizados nas datas programadas, serão remarcados para uma data futura”. 

Poder360 solicitou à empresa informações sobre os eventos marcados, mas não recebeu resposta até a publicação desta reportagem.

Fonte: Poder360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: