Cinemas do Rio poderão reabrir no fim de agosto

Essa etapa prevê a permissão para as atividades em locais fechados, mas com restrições. As exibidoras chegaram a se reunir com o prefeito Marcelo Crivella e tiveram autorização para reabrir. Gilberto Leal, diretor do Sindicato das Empresas Exibidoras Cinematográficas do Estado do Rio de Janeiro, contou que já está tudo pronto para isso.

“Nós estamos preparados e mantendo contato com a prefeitura e o governo do estado, que já entenderam como estamos organizados para receber os clientes e eles se sentirem seguros. Assim, nós colocamos dia 27 como a data para a reabertura dessas salas de cinema no Rio”Maracanaú recebe mostra Cinema em Movimento 2019

A CBN teve acesso ao protocolo sanitário preparado pelo setor. O documento reúne regras como higienização das salas a cada sessão e a recomendação para que a compra de ingressos pela internet seja priorizada. Isso além das normas sanitárias básicas, como o uso de máscara. Os teatros devem demorar um pouco mais para reabrir, por causa da necessidade de ensaio. Mas o presidente da Associação dos Produtores de Teatro do Rio, Eduardo Barata, demonstrou preocupação com a presença do público.

“Há uma série de itens que devem ser seguidos com os protocolos, mas será que todos os teatros têm recursos financeiros depois de ficarem 5 meses fechados, para atenderem a todas as necessidades dos protocolos. E reabrindo, o público vai? Esse público vai realmente frequentar o teatro? É muito importante a sobrevivência do setor cultural, mas antes é preciso ter a sobrevivência do cidadão”

Membro da Sociedade Brasileira de Infectologia, Raquel Stucchi afirma que não é o momento para pensar nesse tipo de reabertura.

“Pensar em abrir cinemas e teatros, em um ambiente fechado, é algo que me parece de muito risco. São locais sem ventilação natural, o que me traz muita preocupação. A chance de transmissão ou surtos de transmissão em pessoas que frequentarem esses espaços é muito grande”

Em nota, a Secretaria estadual de Cultura do Rio informou que está seguindo o decreto publicado no Diário Oficial do Estado que estende a suspensão de atividades com presença de público até o dia 20 de agosto. Já a Secretaria Municipal de Cultura confirmou que, a partir da fase 6 do Plano de Retomada da cidade do Rio, estarão liberadas atividades culturais como museus, cinemas, teatros, lonas e aquários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito