China oferece vacinas contra a covid para a população de Taiwan

A China ofereceu doses de vacina contra a covid para a população de Taiwan. O país considera a ilha como parte de seu território. Não é a 1ª vez que o país oferece a vacinação, mas o governo de Taiwan tem preocupações com a segurança das vacinas. As informações são da Reuters.

O governo chinês afirmou que a população de Taiwan pode ir até a China continental para ser imunizada. A ilha tem enfrentado um aumento no número de casos de covid nas últimas semanas.

Segundo os dados da Our World in Data, em 14 de maio, Taiwan tinha uma média móvel de 7 dias de 16 casos por dia. Em 10 de junho, a média estava em 321,14 casos. No total, a ilha já registrou 12.222 casos de covid-19 desde o início da pandemia e 361 mortes.

A China pede que Taiwan “remova rapidamente os obstáculos artificiais para vacinas continentais enviadas para Taiwan e permita que uma grande massa de compatriotas de Taiwan receba as vacinas continentais altamente seguras e eficazes”.

O país lembra ainda que duas vacinas chinesas já tiveram o uso emergencial aprovado pela OMS (Organização Mundial da Saúde). As vacinas aprovadas são a CoronaVac e a da Sinopharm. Ainda assim, Taiwan ainda não autorizou o uso interno dos imunizantes.

Segundo a Reuters, até 31 de maio, 62.000 taiwaneses foram vacinados na China. O motivo para a vacinação é que muitas dessas pessoas já vivem ou trabalham no país.

Os dados do Our World in Data também mostram que apenas 3,28% da população de Taiwan foi vacinada com ao menos uma dose de alguma vacina contra a covid-19. Ainda assim, a oferta da China não deve ser aceita pelo governo.

Segundo uma fonte da área de segurança de Taiwan ouvida pela Reuters, o oferecimento de vacinas no continente por parte da China é visto como uma forma de influenciar a opinião pública sobre as relações entre os 2 territórios.

A oferta também não deve ter muito efeito sobre a população, porque essa não é uma viagem fácil de ser realizada. Quem sai de Taiwan precisa arcar com as despesas da quarentena que é necessária para entrar na China. “Isso pode ser atraente para algumas pessoas, mas o problema é que muitas pessoas não podem pagar”, disse o oficial taiwanês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: