CGU dá nota máxima para Transparência de Mesquita

Em Mesquita, trabalhamos com um modelo sempre atualizado do Portal da Transparência, informando os munícipes e garantindo a eficácia das nossas ações. Por isso, é um grande orgulho saber que a Controladoria-Geral da União (CGU) avaliou nosso município como uma das cidades mais transparentes do Brasil. A análise foi divulgada nesta segunda-feira, 15 de março, no próprio site do órgão, através da 2ª edição da Escala Brasil Transparente (EBT) – Avaliação 360°. 

Entre os 20 primeiros municípios, apenas 11 foram avaliados com nota 10. Contando, ainda, que somente duas cidades estão localizadas no Estado do Rio de Janeiro. Felizmente, Mesquita se enquadra em todos os méritos para isso e divide o pódio de 1º lugar entre os 92 municípios do Rio de Janeiro com São Pedro da Aldeia.

Os quesitos de transparência da CGU foram, ainda, divididos em dois tipos. A versão Ativa, estudando a divulgação de informações públicas na internet, e a Passiva, fiscalizando os canais de atendimento ao cidadão e sistemas de pedidos de acesso a informações públicas. Fatores que vêm sendo considerados entre o período de agosto de 2019 a setembro de 2020. Além disso, verificaram, também, as normas de cumprimento da Lei de Acesso à Informação (LAI) e de outros normativos sobre transparência pública em todos os estados.

Esta classificação deixa bem evidente nosso compromisso com a população. Afinal, garantimos o funcionamento não só do nosso Portal da Transparência, um dos instrumentos mais importantes para esse trabalho, como a Ouvidoria Municipal e outros métodos de contato com a população, o que é o caso do Colab. Isso permite uma maior interação, inclusive, na forma de prestação dos nossos serviços

Um mérito ainda maior, porque iniciei minha gestão como 68° lugar no ranking dos municípios em transparência realizado pelo Ministério Público do Estado. Desde então, trabalhei, investi em profissionais com técnica e garanti que saíssemos deste lugar. Temos uma legislação atual em prol da estrutura de controle interno, regulamentamos Lei Anticorrupção e Lei de Acesso à Informação, investimos no nosso portal da transparência. Tudo para que a população tenha facilidade de conferir os serviços e se sinta participando da gestão.

Mais um ano transparente

Durante os anos, conquistamos outros méritos. A própria CGU nos forneceu esse reconhecimento em 2018. À época, estávamos trabalhando para melhorar o sistema e conquistamos o 49º lugar. Ainda assim, nos consagramos como a cidade mais transparente da Baixada Fluminense.

Recebemos, também, o título de cidade mais transparente pelo Ministério Público do Estado Rio de Janeiro (MPRJ) em 2020. Fazendo parte do Projeto Edificando o Controle Interno (ECI), idealizado pelo Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania do MPRJ. 

Mesquita terá polo de atendimento exclusivo para Covid-19 – ZM Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: