Cerimônia no campus UERJ Teresópolis inaugura atividades do polo CEDERJ

Inaugurado nesta quinta-feira (11), no campus da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), na Várzea, o Polo Integrado CEDERJ Teresópolis é a 35ª unidade do Estado e começa a funcionar no dia 20 de fevereiro, com aula inaugural dos cursos gratuitos de graduação de Geografia e de Pedagogia. Também serão ampliadas as vagas da rede de Centros de Educação de Jovens e Adultos (CEJA) e do Pré-Vestibular Social (PVS).

O evento, restrito a poucos convidados devido à pandemia, contou com a participação do Prefeito Vinícius Claussen, do Secretário Municipal de Ciência e Tecnologia, Vinicius Oberg, e do Presidente da Fundação CECIERJ, Jorge Roberto Pereira.  O 35ª polo CEDERJ começou a se transformar em realidade para o município em 11 de agosto de 2020, com a assinatura de uma parceria entre a Prefeitura de Teresópolis e a Fundação CECIERJ.

“Sonho realizado. Nossos filhos não precisam mais sair de Teresópolis para ter acesso a ensino público, gratuito e de qualidade. Com muita emoção inauguramos o Polo CEDERJ Teresópolis. Um projeto pelo qual trabalhamos muito desde o início da gestão, quando havia a preocupação da UERJ deixar Teresópolis. Começou ali nosso trabalho, não apenas para manter a UERJ como para expandir a oferta de cursos de graduação em Teresópolis. E hoje abrimos este polo já com turmas dos cursos semipresenciais de Geografia e de Pedagogia da UERJ começando no dia 20, com a aula inaugural. É o primeiro passo para o nosso futuro EducaParque, que vai oferecer do pré-vestibular social até a pós-graduação, tudo público, gratuito e em Terê”, comemorou o Prefeito Vinicius Claussen.

“O Prefeito Vinicius Claussen mudou o curso das coisas, pois quando percebeu que o município corria o risco de perder o curso superior de Turismo, ele deu uma virada e transformou essa potencial ameaça em oportunidade. Vitória concreta e visível do empenho da gestão municipal para atender a classe desfavorecida de cursos gratuitos de graduação. É uma honra participar desse momento, isso prova que é uma equipe de trabalha”, destacou o Presidente da Fundação CECIERJ, Jorge Roberto Pereira.  

A instalação e permanência do polo CEDERJ no município também é fruto de trabalho da Secretaria de Ciência e Tecnologia, que visa aumentar a oferta e qualidade do Ensino Superior Público. Para isso, durante 60 meses o município irá investir R$ 660 mil neste convênio. Os recursos serão reservados para o pagamento do aluguel do imóvel onde o campus do Polo CEDERJ está instalado. “A população de Teresópolis é muito carente na questão da oferta de graduação pública. Muitos precisam ir para outros municípios para estudar. A partir de agora, a gente vai ter a possibilidade de oferecer isso aqui em Teresópolis”, comentou o Secretário de Ciência e Tecnologia, Vinicius Oberg.

Ao final da cerimônia, houve o descerramento da placa de inauguração e visita às instalações da unidade de ensino. Também estiveram presentes o Diretor da Diretoria de Polos Regionais, Carlos Favilla, a Diretora do Polo Integrado CEDERJ Teresópolis, Caroline do Canto Pinheiro, e a Administradora do Campus UERJ Teresópolis, Cláudia de Almeida Freitas.

“Agradeço mais uma vez ao Governador Cláudio Castro, ao Secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Dr Serginho, representado hoje pelo Subsecretário Sergio Abreu, e ao presidente da Fundação Cecierj, Jorge Roberto Pereira. Também agradeço a presença da professora Rosana Oliveira, representando o reitor da UERJ, Ricardo Lodi. Destaco também o trabalho do Secretário Municipal de Ciência e Tecnologia, Vinicius Oberg, que vem liderando comigo desde o mandato anterior esse projeto”, concluiu o Prefeito.

Sobre o Centro de Educação a Distância do Estado do Rio de Janeiro (CEDERJ)

Administrado pela Fundação CECIERJ (Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação,  o CEDERJ é mantido através de recursos do Governo do Estado do Rio de Janeiro e do Governo Federal, por meio da Capes e da UAB. Parte desses recursos também é gerado com apoio das prefeituras municipais onde os polos estão instalados. O CEDERJ contém uma rede de 11 universidades públicas estaduais, nas quais algumas oferecem cursos de graduação à distância e semipresencial: Cefet, UERJ, UenF, UFF, UniRio, UFRJ e UFRRJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: