fbpx

Ceará tem terceira noite seguida de ataques

Pela terceira noite consecutiva, o Ceará sofre uma onda de ataques criminosos em vários pontos de Fortaleza e cidades do interior, na noite desta sexta-feira (4) e madrugada deste sábado (5). Os crimes ocorreram mesmo após a chegada de agentes da Força Nacional, enviadas ao Ceará por autorização do ministro da Justiça, Sérgio Moro. Entre a noite de sexta-feira e a madrugada de sábado, bandidos queimaram veículos em uma concessionária na capital, um carro em Maracanaú e atacaram o fórum de Pacoti, no interior do estado. (veja lista dos ataques no fim da matéria)

O número de ataques criminosos chegou a 74, desde o início da onda de violência até este sábado. Bandidos queimaram veículos do transporte público; carros de particulares e concessionárias; e atacaram diversos prédios públicos, como bancos, delegacias e prefeituras. Uma bomba foi explodida na coluna de um viaduto na BR-020, em Caucaia, mas o equipamento passou por obras e não corre o risco de desabar. Segundo a Secretaria da Segurança do Ceará, 50 suspeitos foram detidos desde quarta-feira, entre adultos e adolescentes. Um casal de idosos e um motorista ficaram feridos até o momento.

Ataques no Ceará: o que se sabe e o que falta saber

A equipe da Força Nacional chegou a Fortaleza na noite de sexta-feira, mas só deve atuar nas ruas a partir deste sábado para apoiar as forças de segurança estaduais no combate aos ataques. Por volta das 20h30, a primeira aeronave, Hércules, chegou trazendo aproximadamente 50 homens. Cerca de 200 agentes, vindos de avião, também já desembarcaram na capital cearense durante a madrugada. Outros 98 agentes da Força Nacional vieram dos estados de Sergipe e Rio Grande do Norte.

O Secretário da Segurança, delegado André Costa, afirmou que foram enviadas equipes da Polícia Civil para o interior da Casa de Privação Provisória de Liberdade 3 (CPPL 3), em Itaitinga, onde mais de 250 detentos devem ser autuados por envolvimento em distúrbios na unidade prisional. Até o fim da tarde de sexta-feira, 72 internos foram autuados por desobediência, resistência e motim. A polícia não confirmou se a ordem para os atentados no estado ocorreu de dentro do presídio.

O presidente do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará, Cláudio Justa, acredita que os atentados são represália à fala do novo secretário de Administração Penitenciária (SAP), Luís Mauro Albuquerque, que afirmou que “o Estado não deve reconhecer facção” em presídio. Luís Mauro ainda se posicionou contra a separação de detentos por facção criminosa nas unidades prisionais do Estado e disse que a fiscalização nas unidades será mais rigorosa.

A ordem dos ataques partiu de um detento da Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima (antiga CPPL I), na tarde de quarta-feira, ainda segundo a fonte do Serviço de Inteligência. No dia seguinte, agentes penitenciários fizeram uma vistoria “surpresa” na unidade, o que resultou em um motim dos presidiários. A revolta foi controlada no mesmo dia e nenhum detento fugiu.

Veículos incendiados

Na noite desta sexta-feira, um shopping localizado na Avenida Bezerra de Menezes, em Fortaleza, foi atacado e, pelo menos, um carro que estava no estacionamento do local foi incendiado.

Ainda durante a noite de sexta, um prédio localizado na Avenida Francisco Sá, na Barra do Ceará, foi incendiado. No local funcionava a antiga sede do Sine-IDT. O fogo chegou a atingir a parede das casas de uma vila que fica atrás do prédio. O Corpo de Bombeiros controlou as chamas e o fogo foi apagado.

No Bairro Mucuripe, também na capital, dois veículos que estavam no pátio de uma concessionária foram queimados pelos bandidos na madrugada deste sábado.Segundo a polícia, os suspeitos chegaram em um outro veículo por uma rua lateral que dá acesso ao estabelecimento e incendiaram os veículos.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e conseguiu apagar as chamas.

Serviços públicos afetados

Devido aos atentados, serviços públicos foram afetados na Grande Fortaleza. A frota de ônibus foi reduzida e, neste sábado, apenas 108 veículos operam na capital cearense em 41 linhas. As vans do transporte alternativo também informaram que reduziram a operação.

Sequência de ataques no Ceará

Noite de quarta-feira (2)

  • Incêndio de ônibus coletivo no Bairro Edson Queiroz, em Fortaleza
  • Incêndio de ônibus coletivo no Bairro Parque Santa Rosa, em Fortaleza

Quinta-feira (3)

  • Explosão em viaduto próximo ao Bairro Metrópole, em Caucaia
  • Incêndio a veículo em Caucaia, Na Rua 114 no Conjunto Planalto Caucaia
  • Incêndio de seis veículos, em Horizonte
  • Artefato inflamável arremessado em posto de combustível no Bairro Damas, em Fortaleza
  • Tiros em agência bancária no Bairro Otávio Bonfim, em Fortaleza
  • Danos a câmeras de videomonitoramento no Bairro Barra do Ceará, em Fortaleza
  • Danos a câmeras de videomonitoramento no Bairro Bom Jardim, em Fortaleza
  • Ataque a fotossensor no Bairro Moura Brasil, em Fortaleza
  • Ataque a fotossensor no Bairro Messejana, em Fortaleza
  • Ataque a fotossensor, em Caucaia
  • Ataque a semáforo no Bairro Quintino Cunha, em Fortaleza
  • Ataque incendiário contra ônibus no Bairro Bonsucesso, em Fortaleza
  • Ataque a ônibus no Bairro Serrinha, em Fortaleza
  • Incêndio de ônibus coletivo no Bairro Parque Santa Rosa, em Fortaleza
  • Incêndio de ônibus coletivo no Bairro Barroso, em Fortaleza
  • Incêndio a coletivo no Bairro Mucuripe, em Fortaleza
  • Ataque de ônibus no Bairro Castelão, em Fortaleza
  • Ataque a ônibus em Fortaleza
  • Ataque a ônibus em Morada Nova
  • Van incendiada no Sítio São João, em Messejana, em Fortaleza
  • Ônibus queimado na Rua Santa Philomena, no Bairro Henrique Jorge, em Fortaleza
  • Caminhão de lixo incendiado em Messejana, em Fortaleza; fogo atingiu também carro particular
  • Ataque a concessionária no Bairro Papicu, em Fortaleza

Sexta-feira (4)

  • Explosão de carro durante incêndio de veículos no 27º Distrito Policial, em Fortaleza
  • Tentativa de incêndio a veículos no 8º Distrito Policial, em Fortaleza
  • Agência da Caixa Econômica incendiada na Avenida Francisco Sá, em Fortaleza
  • Agência bancária do Bradesco metralhada na Pontes Vieira, em Fortaleza
  • Tentativa de incêndio a lotérica no Bairro Jardim Iracema, em Fortaleza
  • Prédio do Detran foi atacado, em Fortaleza
  • Carro com explosivos apreendido e cruzamento interditado, em Fortaleza
  • Posto de combustível atacado no Bairro Conjunto Palmeiras, em Fortaleza
  • Agência da Caixa Econômica incendiada na Pajuçara, Maracanaú
  • Ataque contra Palácio Municipal da Prefeitura de Maracanaú
  • Agência do Bradesco da cidade de Caucaia atingida por tiros
  • Suspeito morto em troca de tiro com policiais ao tentar destruir radar semafórico, no Eusébio
  • Tentativa de incêndio a veículos do 24º Distrito Policial, em Pacatuba
  • Ônibus escolar incendiado, em Tianguá
  • Poste de videomonitoramento derrubado no José Walter, em Fortaleza
  • Centro Cultural da cidade de Pindoretama incendiado
  • Ônibus incendiado no Bairro Bom Jardim, em Fortaleza
  • Caminhão incendiado por bandidos na Avenida Via Expressa, em Fortaleza
  • Na cidade de Canindé, criminosos puseram fogo em um caminhão e um trator
  • Caminhão também incendiado em Canindé
  • Ônibus da Prefeitura de Jaguaruana foi incendiado à 0h30 no Centro da cidade
  • Um ônibus e um caminhão foram incendiados em Piquet Carneiro; dois foram presos com queimaduras
  • Na cidade de Morrinhos, criminosos arremessaram um coquetel molotov no prédio do INSS
  • Criminosos ateram fogo no prédio da garagem da Prefeitura de Aracoiaba
  • Três homens homens tentaram atacar prédios públicos em Baturité; um foi preso com coquetéis molotov
  • Ônibus é queimado no bairro Jardim Bandeirantes, em Maracanaú
  • Criminosos tentam incendiar posto na Av. Miste Hill, no Bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza
  • Caminhão de lixo incendiado por criminosos em Pacajus, na Grande Fortaleza
  • Fotossensor incendiado em Juazeiro do Norte
  • Ônibus incendiado na Avenida Francisco Sá, no bairro Carlito Pamplona
  • Veículo incendiado na sede da Guarda Municipal de Sobral
  • Carro da Companhia de Água e Esgoto (Cagece) incendiado em Fortaleza
  • Caminhão da Cagece também queimado por criminosos no Bairro Conjunto Palmeiras, na capital
  • Ônibus incendiado na Avenida Francisco Sá, no Bairro Carlito Pamplona, em Fortaleza
  • Núcleo da Cagece incendiado em Caucaia
  • Passarela de pedestres incendiada na rodovia BR-116, no Bairro da Messejana
  • Veículos de transporte de passageiros incendiados em Massapê
  • Veículos incendiados em estacionamento de shopping na Bezerra de Menezes
  • Carro dos Correios incendiado no Barroso
  • Prédio incendiado na Barra do Ceará, em Fortaleza

Sábado (5)

  • Garagem de transportes públicos incendiada em Ibaretama
  • Carro incendiado por criminosos em Maracanaú
  • Agência da Caixa Econômica Federal atacada com tiros na Praia de Iracema, em Fortaleza
  • Carros incendiados em frente à concessionária no Centro de Fortaleza
  • Três carros incendiados no Fórum na cidade de Pacoti durante a madrugada
  • Prédio da Secretaria de Meio Ambiente de Pacoti atacada por criminosos. Salas foram quebradas e um carro foi incendiado
  • Ônibus de transporte escolar foi incendiado durante a madrugada em Icapuí
  • Caminhão com carregado com galinhas incendiado em Cauaia. Cerca de 2 mil frangos morreram
  • Criminosos atacam a sede da Prefeitura de Pacatuba. Bombas caseiras foram arremessadas contra o prédio da prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: