Castro sinaliza intenção de pagar salários no 5º dia útil e recomposição inflacionária a servidores

O governador Cláudio Castro (PL) sinalizou, nesta segunda-feira, a intenção de estabelecer um calendário de pagamentos de salários dos servidores estaduais, incluindo inativos e pensionistas, até o 5º dia útil do mês. Hoje, o prazo previsto em cronograma oficial é o 10º dia útil. Além disso, afirmou o desejo de tirar do papel uma outra reivindicação das categorias: a reposição salarial.

 “Ainda temos muito a evoluir, ainda temos que fazer uma recomposição inflacionária grande. Ainda temos que voltar o calendário de pagamentos para os primeiros dias do mês. No mínimo, aquilo que a lei fala, até o 5º dia útil, mas estamos avançando”, declarou Castro em evento realizado na Alerj para a assinatura do acordo de cooperação técnica entre a Secretaria de Fazenda e a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O convênio ampliará o trabalho de fiscalização da exploração do petróleo no estado com objetivo de garantir previsibilidade nos repasses das compensações a que o Rio de Janeiro tem direito.

“Não tenho dúvida que essa CPI ajudará muito nesse avanço do estado”, disse o governador, que iniciou o seu discurso no plenário em tom conciliatório com o Legislativo, após o presidente da Casa, André Ceciliano (PT), afirmar que a Assembleia não votará medidas – impostas pelo Regime de Recuperação Fiscal – que impactem os atuais servidores.

Cláudio Castro declarou que a Assembleia Legislativa “tem sido uma grande parceira do Estado”: “Se hoje conseguimos anunciar o pagamento da primeira metade do 13º salário a todos os servidores ativos, inativos e pensionistas, isso se deve também a essa parceria do governo do Rio com a Assembleia. Não tenho dúvida que se a Alerj não tivesse votado pautas tão difíceis, não conseguiríamos essa vitória”.

“Para aqueles que tiveram salários atrasados ao longo dos últimos anos saber que dia 30 agora, depois de tantos anos, vão receber, isso é uma grande vitória”, concluiu o chefe do Executivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: