Casos de Covid-19 aumentam nos distritos de Petrópolis

Em uma semana, o distrito da Posse registrou 29 novos casos de covid-19. É o que aponta o levantamento semanal realizado pelo Diário de Petrópolis, com base nos números do Painel Epidemiológico da Prefeitura. Na sexta-feira (07), a localidade registrava 59 casos. Já no dia 31, foram 30 confirmações. O aumento percentual foi de 96,7%. Até o fechamento, os dados de sábado (08) ainda não tinham sido atualizados.

O Painel considera apenas testes notificados e investigados de forma epidemiológica. Ou seja, não entram para esta conta os testes rápidos. O distrito ainda começa agosto com 46 casos a mais de covid-19, já que no primeiro levantamento de julho, no dia 3, eram 13 casos confirmados.

Outro bairro que teve um aumento significativo no número de casos em uma semana foi o Bingen. Por lá, foram 28 novos casos confirmados, indo de 57 para 85. Crescimento percentual de 49,1%. No mês, a localidade registrou um aumento de 107,3%, já que no dia 3 de julho registrava 41 confirmações.

Em toda a cidade, o número de casos confirmados pelo Painel subiu 13,4% na última semana, de 2.415 para 2.740. Já em comparação com o primeiro levantamento de julho, o aumento foi de 82,3%. No dia 3 daquele mês, Petrópolis possuía 1503 confirmações de covid-19.

Distritos com maior aumento percentual

No mês de julho, o levantamento do Diário ainda aponta que os distritos tiveram os maiores aumentos percentuais. A Posse (quinto distrito), por exemplo, registrou 60 casos. Além do bairro homônimo, o Brejal registra um caso. No dia 3 do mês passado, eram 14 testes positivos na região. O aumento percentual, para o distrito, foi de 328,6%.

Logo após, vem o quarto distrito, Pedro do Rio, com aumento percentual de 200%. O distrito viu, neste período, os números saltarem de 29 para 87 casos. Em uma semana, o aumento foi de 27,9% já que, no dia 31, eram 68 confirmações.

O terceiro distrito, Itaipava, foi de 99 para 189 casos, com aumento percentual de 90,9% entre os dias 3 de julho e 7 de agosto. No dia 31, a região confirmava 172 casos.

Cascatinha e Petrópolis continuam liderando o número absoluto de casos, mas registraram aumentos percentuais menores neste período. Cascatinha, por exemplo, iniciou julho com 512 casos. Agora, em agosto, foram 931 (81,8%). Petrópolis foi de 849 para 1.473 (73,5%).

Dentre os bairros, destaque também para o Retiro, com aumento de 106,4% de julho para agosto. Eram 47 confirmações em 3 de julho e foram 97 na sexta-feira. Já no bairro Cascatinha, os casos dobraram: de 45 para 90. 

Óbitos

Entre os dias 3 de julho e 7 de agosto, o número de mortes subiu 40,4% em toda a cidade, indo de 109 para 153. Dentre os distritos, Petrópolis foi de 59 para 82 vítimas fatais de covid-19, aumento de 39%. Cascatinha, de 44 para 59, teve um aumento de 34,1%.

Itaipava registrou o dobro de óbitos, de três para seis. Pedro do Rio foi de um para três e a Posse passou de duas para três mortes. 

SUGESTÃO DE BOXE

10 bairros com mais casos de covid-19

  • Centro: 273
  • Corrêas: 258
  • Quitandinha: 164
  • Itaipava: 151
  • Mosela: 131
  • Alto da Serra: 117
  • Independência: 99
  • Retiro: 97
  • Cascatinha: 90
  • Bingen: 85

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito