Casimiro de Abreu: Guarda Ambiental resgata jacaré-de-papo-amarelo na Prainha

Um visitante inusitado resolveu aparecer na foz do rio São João, na Prainha, no distrito de Barra de São João, na manhã desta terça-feira (16). Um jacaré de aproximadamente 1,2 metros foi resgatado por agentes da Guarda Ambiental, da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. O animal havia fisgado uma anzol de um pescador, quando foi notado e levado até a beira da Prainha, local muito frequentado por banhistas.

 

Pescadores e curiosos notaram a sua presença e acionaram a guarda, que imediatamente se dirigiu ao local para realizar o resgate. Os agentes adotaram técnicas usadas em captura, para não causar estresse no animal. Após o resgate, o jacaré foi avaliado e, como estava sem ferimentos e em boas condições de saúde, foi conduzido para um local isolado para realização da soltura branda, sem impactar seus costumes naturais.

 

O animal resgatado foi identificado como sendo da espécie Jacaré-de-papo-amarelo (Caiman latirostris). Os jacarés são animais de hábitos noturnos e durante o dia formam grupos para tomar sol. Podem viver até 50 anos. São animais ecologicamente importantes, pois fazem o controle biológico de outras espécies de animais, pois se alimentam dos animais mais velhos e fracos que não conseguem escapar de seu ataque. Além disso, suas fezes servem de alimento a peixes e outros seres vivos aquáticos.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *