21 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Campos: Vias com novas ciclo faixas recebem nivelamento das sarjetas e tachões

Para proporcionar mais segurança aos ciclistas, a Prefeitura, numa ação conjunta da Secretaria de Obras e Infraestrutura e do Instituto Municipal de Trânsito e Transportes (IMTT) está realizando ações de nivelamento das sarjetas com a pista e instalação de tachões com (olho de gato) tarjas refletivas sobre as faixas de demarcação que separam a faixa exclusiva dos ciclistas da faixa da circulação de veículos.

A instalação dos tachões sobre as faixas e a retificação das bordas das sarjetas proporcionam maior segurança para os ciclistas, porque limita a faixa de rolamento dos carros e evita a derrapagem dos pneus das bicicletas na borda, que resulta do novo recapeamento asfáltico.

Para fazer a retificação das sarjetas na Rua dos Goytacazes, antiga Rua do Gás, a Secretaria de Obras providenciou que os trabalhos fossem realizados durante o período noturno, quando o fluxo de veículos é menor. Na medida em que as sarjetas vão sendo retificadas para serem niveladas com a pista, o IMTT providencia a pintura das faixas e instalação dos tachões.

Nesta quinta-feira (15), os trabalhos de instalação de tachões na Ciclo Faixa prosseguem na Avenida Helson Oliveira (Beira Rio), já iniciados na quarta-feira (14), no Bairro da Lapa, no sentido de direção Lapa-Centro, conforme informa o Secretário de Obras e Infraestrutura, Fábio Ribeiro.

“O trabalho realizado pela Secretaria de Obras e Infraestrutura na retificação das sarjetas para que fiquem niveladas com a pista é feito para evitar que ocorra derrapagens nos desníveis com a nova camada asfáltica e, dessa forma, em parceria com o IMTT, que realiza a sinalização e coloca tachões, estamos trabalhando para prevenir acidentes, principalmente nos momentos que um ciclista ultrapasse o outro e, eventualmente, precise tocar com os pneus na sarjeta”, detalha Fábio Ribeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *