20 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Campanha de doação de sangue no Hospital Lourenço Jorge arrecada 108 bolsas no primeiro dia

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS-Rio), em conjunto com o Hemorio, iniciou, na ultima esta quarta-feira (17/5), uma campanha de doação de sangue no Hospital Municipal Lourenço Jorge (HMLJ), na Barra da Tijuca. A ação continua nesta quinta-feira (18/5), das 10h às 15h, com objetivo de reforçar o banco de sangue do Hemorio, que fornece hemoderivados para mais de 200 hospitais da rede pública do Rio de Janeiro, principalmente para emergências, e está com os estoques em nível crítico. Neste primeiro dia, foram arrecadadas 108 bolsas de sangue, que ajudarão a salvar muitas vidas. 

As doações vieram desde a equipe do hospital até os familiares de pacientes internados na unidade, que se mobilizaram para abastecer o banco de sangue. O sangue é fundamental para muitos pacientes na emergência, como os que sofrem acidentes de trânsito, e a única forma de abastecer os estoques para atender esses pacientes é com doações de voluntários. A autônoma, Luciana da Conceição, de 50 anos, ficou sabendo da doação pelo WhatsApp e com a avó do filho internada, não perdeu tempo. Para quem tem medo de doar, ela disse que não é um bico de sete cabeças.

A funcionária da Comlurb Maria do Socorro Domingues, de 42 anos, é doadora há bastante tempo e sempre participa das ações do hospital. Recentemente, seu pai, falecido há três dias, precisou de doação, mas infelizmente ela não conseguiu doar pois morava em outro estado. Hoje, ela fez sua doação por um motivo especial.
– Vim doar por amor – declarou.
A colega de profissão, Vanessa Monteiro, de 39 anos, também deu show de empatia.
– Assim como outras pessoas precisam, um dia eu também posso precisar.
Um único doador de sangue pode salvar até quatro pessoas, e uma bolsa de 450 ml pode salvar até oito crianças, devido à quantidade menor de sangue que uma criança recebe. O Hospital Lourenço Jorge realiza, em média, 350 transfusões ao mês, o que significa que, por dia, são necessárias mais de 10 bolsas para atender a demanda assistencial. Para aumentar os estoques do Hemorio, a unidade realiza a campanha de doação de sangue duas vezes ao ano para captar doadores da  região.
É importante lembrar que é seguro doar, não há riscos de contrair doenças e o organismo repõe rapidamente o sangue doado.
– Independente do seu fator sanguíneo, você está ajudando alguém. Como ser humano, doar é uma das coisas mais preciosas, um verdadeiro gesto de solidariedade – concluiu a diretora de apoio diagnóstico do Hospital Lourenço Jorge, Déborah Bejder.
Para doar é preciso estar com documento de identificação com foto, ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50kg, não precisa estar em jejum, além de ter boas condições de saúde. Mais informações estão disponíveis nas redes sociais do Hemorio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *