Câmara de Vereadores de Nova Friburgo reprova contas de 2018 do prefeito Renato Bravo por 17 votos a três

A Câmara de Vereadores de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, votou e reprovou as contas do prefeito Renato Bravo referentes ao ano de 2018. A votação foi realizada na manhã desta quinta-feira (27) e os vereadores decidiram pela reprovação por 17 votos a 3.

A votação aconteceu com a presença de 20 dos 21 parlamentares. O vereador Nami Nassif (PHS) não compareceu pois está se recuperando da Covid-19.

No final do ano passado, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) reprovou as contas depois de apontar diversas irregularidades. Entre elas, a abertura de créditos adicionais no valor de mais de R$ 194 milhões, o valor é R$ 27 milhões a mais que o permitido pela Lei Orçamentária Anual.

A votação chegou a ser marcada para outras datas mas foi adiada. O município entrou duas vezes na Justiça pedindo a suspensão da votação, mas a Câmara recorreu.

Agora, a votação foi realizada nesta quinta depois de uma decisão do desembargador Eduardo Gusmão Alves de Brito Neto.

Para conseguir que as contas não fossem reprovadas, eram necessários os votos de 14 vereadores, mas apenas três votaram contra a reprovação.

A votação começou por volta das 10h30. Cinco parlamentares participaram de forma remota porque fazem parte de grupos de risco da Covid-19.

Durante quase duas horas, o relator do processo e presidente da Comissão de Orçamentos e Finanças leu o parecer da comissão que decidiu pela reprovação.

Agora, a decisão da Câmara será comunicada aos órgãos competentes, como os ministérios públicos Estadual e Eleitoral. Depois disso, caberá à Justiça decidir se o prefeito pode ou não concorrer nas próximas eleições.Contas do prefeito de Nova Friburgo, Renato Bravo, são reprovadas após votação na Câmara de Vereadores — Foto: Ádison Ramos/Inter TV RJ

Como votaram os vereadores

Votos a favor da reprovação

  1. Carlinhos do Kiko (DC)
  2. Cascão (PDT)
  3. Isaque Demani (MDB)
  4. Janio (DC)
  5. Joelson do Pote (PDT)
  6. Johnny Maycon (PRB)
  7. Zezinho do Caminhão (PSB)
  8. Marcinho (PRB)
  9. Marcio Damazio (DEM)
  10. Nazareth Catharina (PRB)
  11. Alexandre Cruz (Cidadania)
  12. Wellington Moreira (MDB)
  13. Professor Pierre (PSB)
  14. Naim Pedro (DEM)
  15. Christiano Huguenin (MDB)
  16. Norival (PT)
  17. Sérgio Louback (PSC)

 

Votos contra a reprovação

 

  1. Alcir Fonseca (PP)
  2. Vanderléia (DEM)
  3. Luiz Carlos Neves (PP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito