fbpx

Cabo Frio terá primeiro Centro de Visitação do Projeto Albatroz no Brasil

Cenário repleto de belezas naturais e históricas, Cabo Frio será sede para o primeiro Centro de Visitação e Educação Ambiental Marinha do Projeto Albatroz no Brasil, iniciativa patrocinada pela Petrobras. Presente em sete cidades do Brasil, o Projeto Albatroz desenvolve pesquisas para ações de Educação Ambiental junto aos pescadores, aos jovens e às escolas. A unidade de Cabo Frio será a primeira a ter o Centro de Visitação. 

No dia 11, o prefeito José Bonifácio recebeu representantes do projeto para conhecer mais sobre as ações desenvolvidas e alinhar parcerias junto à gestão municipal. 

A previsão é de que a sede de Cabo Frio seja entregue até o final de 2022. Com área útil de mais de 18 mil m², ao lado do Parque Ecológico Municipal Dormitório das Garças e da Lagoa de Araruama, cedida por meio da Lei Nº 179/2019, o Centro Albatroz terá áreas de recreação, pavilhões de exposições e atividades com o público, prédios com salas para aulas e oficinas com a comunidade, além de Centro Interpretativo com trilha autoguiada, em que os visitantes poderão conhecer mais a região da lagoa e reconhecer as principais espécies de aves que sobrevoam a região.  

O Projeto Albatroz nasceu em Santos, litoral paulista, e desde 1990 trabalha pela conservação das espécies de albatrozes e petréis que se alimentam em águas brasileiras. Desde 2014, o Projeto mantém uma base avançada de pesquisa na Universidade Veiga de Almeida (UVA), no campus de Cabo Frio.  Por meio da parceria com o Grupo de Estudos da Pesca (GEPesca), coordenado pelo professor Eduardo Pimenta, foi possível ampliar os estudos na cidade. Atualmente, o Projeto mantém bases de pesquisa em seis estados brasileiros. 

“A Prefeitura de Cabo Frio é nossa grande parceira, além de apresentar o projeto com mais detalhes, alinhamos laços junto ao governo. O objetivo é que possamos nos inserir nos projetos da Prefeitura, assim como ter a prefeitura próxima. Tivemos ainda a oportunidade de estreitar laços com o prefeito, para que junto à gestão possamos ter base de pesquisa em educação ambiental e visitação turística, que são as metas do Projeto Albatroz em Cabo Frio”, afirma o biólogo Eduardo Pimenta, consultor regional do Projeto Albatroz. 

Também estiveram presentes na reunião a fundadora e coordenadora geral do Projeto Albatroz, Tatiana Neves, e os arquitetos responsáveis pelo projeto de construção da sede, André Mafra e Evandro Babu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: