Buscas por sobreviventes de desabamento na Flórida são suspensas temporariamente

Equipes de resgate vasculham os destroços de prédio que desabou na Flórida em foto de 1º de julho de 2021 — Foto: Pedro Portal/Miami Herald via AP

As buscas por sobreviventes do desabamento na região de Miami, na Flórida, foram suspensas temporariamente nesta quinta-feira (1º) como medida de segurança pelas equipes de resgate.

Por conta das chuvas e dos trabalhos de escavação, foi identificado o risco de que parte da estrutura já prejudicada pela queda possa tombar ainda mais, pondo em risco os socorristas.

Também nesta quinta, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, deve visitar o local do desastre ao lado da primeira-dama Jill Biden e conversar com familiares dos mortos e desaparecidos.

Até o momento, 18 corpos foram encontrados nos escombros e ao menos 145 pessoas ainda estariam desaparecidas — Autoridades da Flórida divulgaram a identidade de parte das vítimas:

  • Stacy Dawn Fang, 54 anos
  • Antonio Lozano, 83 anos
  • Gladys Lozano, 79 anos
  • Manuel LaFont, 54 anos
  • Leon Oliwkowicz, 80 anos
  • Luis Bermudez, 26 anos
  • Anna Ortiz, 46 anos
  • Cristina Beatriz Elvira, 74 anos
  • Marcus Joseph Guara, 52 anos
  • Frank Kleiman, 55 anos
  • Michael David Altman, 50 anos
  • Hilda Noriega, 92 anos
  • Lucía Guara, 10 anos
  • Emma Guara, 4 anos
  • Anaely Rodríguez, 42 anos
  • Andreas Giannitsopoulos, 21 anos

Visita presidencial

Presidente Joe Biden dos EUA e primeira-dama Jill antes de embarcar para a Flórida em 1º de julho de 2021 nos jardins da Casa Branca — Foto: Manuel Balce Ceneta/AP

Presidente Joe Biden dos EUA e primeira-dama Jill antes de embarcar para a Flórida em 1º de julho de 2021 nos jardins da Casa Branca

O presidente Biden visita nesta quinta-feira o local do desabamento e deve conversar com familiares das vítimas e trabalhadores das equipes de resgate.

O democrata tem como marca política a forma com que lida pessoalmente com tragédias. Ele deve assumir o papel de “confortador-chefe”, que assumiu em diversas situações durante o governo Obama.

As autoridades da Flórida mantêm a esperança de que mais sobreviventes possam ser encontrados, mas as perspectivas pioram a cada hora.

Biden – que adiou a visita para não interromper os esforços de resgate – liberou recursos federais para ajudar na resposta ao desmoronamento.

Essa vai ser a segunda vez em menos de um ano de mandato que Biden visita o cenário de um desastre – no começo do ano ele esteve no Texas após uma intensa tempestade de inverno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: