fbpx

Bruno Schmidt e Evandro vencem dupla polonesa e passam como líderes de grupo

A classificação já estava garantida à segunda fase, e a liderança do grupo E veio. A dupla brasileira Evandro/Bruno Schmidt virou sobre a polonesa Bryl/Fijalek em partida com final emocionante nesta sexta-feira pela manhã, vencendo por 2 sets a 1 (parciais de 19×21, 21×14 e 17×15), e manteve os 100% de aproveitamento em seu terceiro jogo nas Olimpíadas de Tóquio.

Agora, os brasileiros esperam outros resultados para conhecerem seus adversários nas oitava de final. No vôlei de praia, são seis grupos de quatro duplas, e as duas melhores de cada chave e os dois melhores terceiros colocados avançam diretamente às oitavas. Os outros quatro terceiros colocados ainda têm uma última chance de classificação pela repescagem – onde passam dois.

Bruno Schmidt ataca bola em partida contra dupla polonesa nas Olimpíadas de Tóquio — Foto: REUTERS/Pilar Olivares
Evandro e Bruno Schmidt falam sobre a vitória e comemoram a classificação às oitavas de final no vôlei de praia

Primeiro set

A partida começou bastante equilibrada. Ambas as equipes trocaram pontuações sem conseguir abrir vantagem por um bom tempo, até que os brasileiros fizeram 10×7 contando com bloqueio de Evandro e ace de Bruno.

Os poloneses, no entanto, foram buscar o empate e viraram para 14×13 após condução de Bruno. Os brasileiros ainda viraram em 18×17, mas acumularam erros e os adversários se recuperaram pra fechar em 21×19.

Segundo set

Na segunda etapa, os brasileiros imprimiram um ritmo mais forte e erraram menos. Os poloneses, por outro lado, se perderam na partida e Evandro/Bruno Schmidt chegou a abrir 10×5.

Os erros adversários continuaram, enquanto a dupla do Brasil sobrou em quadra. A vantagem subiu para 15×6. Daí para a frente, foi uma questão de administrar para uma vitória por 21×14, sem sustos.

Evandro tenta bloqueio em partida contra a Polônia — Foto: Reuters

Terceiro set

Os poloneses começaram com um ace, mas a dupla brasileira não se intimidou e o set seguiu equilibrado no início. Uma grande defesa de Bruno seguida de ataque potente de Evandro garantiu primeira liderança com 7×6.

Os poloneses conseguiram uma virada pouco depois, em 12×10, com bloqueio do grandalhão Bryl em Bruno – o polonês pegou o brasileiro em pelo menos três oportunidades no set.

Bruno mudou a estratégia e explorou o bloqueio adversário para diminuir para 12×11 e depois os poloneses erraram para o placar voltar a ficar empatado em 12×12.

Os poloneses tiveram um match point e, 14×13, que Bruno salvou com bom ataque. O brasileiro, na sequência, marcou um ace, deixando a dupla na frente por 15×14. Depois, com ataque de Bruno após boa defesa, o Brasil fechou o set em 17×15.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: