Brasil x Colômbia: escalações, desfalques e arbitragem do jogo da Copa América

Primeiros colocados do Grupo B da Copa América, Brasil e Colômbia se enfrentam às 21h desta quarta-feira, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, pela quarta rodada da fase de grupos do torneio. Clique aqui e acompanhe tudo em tempo real no ge.

Com as vitórias sobre Venezuela e Peru, a seleção brasileira garantiu a classificação para as quartas de final da Copa América com antecedência.

Já a Colômbia somou quatro pontos em três jogos e ainda não carimbou a vaga, mas pode entrar em campo já classificada. Para isso, basta o Equador não vencer o Peru no jogo das 18h.

Na história, Brasil e Colômbia já se enfrentaram 31 vezes, com ampla vantagem canarinho: 18 vitórias, dez empates e só três derrotas.

A última vez que as seleções se encontraram foi em amistoso, disputado em setembro de 2019, em Miami. Casemiro e Neymar marcaram para o Brasil, e Muriel anotou duas vezes, deixando o placar em 2 a 2.

A partida terá transmissão do SBT e da ESPN.

Brasil x Colômbia: veja onde assistir à partida da Copa América - Gazeta  Esportiva
 — Foto: Arte/GloboEsporte.com

Brasil – Técnico: Tite

A Seleção mais uma vez terá novidades na escalação, mas desta vez elas são mantidas em sigilo. Tite fechou os dois últimos treinos antes da partida e, em entrevista coletiva, não quis adiantar quais mudanças fará.

A única alteração anunciada é a entrada do goleiro Weverton. Assim, Tite dá continuidade ao rodízio na meta da Seleção, que teve Alisson na estreia e Ederson na segunda rodada.

Poupados na última partida, o zagueiro Marquinhos e o volante Casemiro podem retomar a titularidade. Outro que deve entrar na equipe é o meia Everton Ribeiro.

Desfalque: Felipe (entorse no joelho direito)

Colômbia – Técnico: Reinaldo Rueda

A seleção colombiana veio para esta Copa América sem um de seus principais astros, o meia James Rodríguez. Em início de trabalho, o técnico Reinaldo Rueda afirmou que o camisa 10 “não se encontra em ótimo nível de competição” como justificativa para não convocá-lo. O meia reagiu e afirmou estar em plenas condições para atuar.

Polêmicas à parte, os colombianos tentam se recuperar na competição. Após vitória sobre a Venezuela, na estreia, eles empataram sem gols com a Venezuela e perderam para o Peru.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Na véspera da partida contra o Brasil, Rueda admitiu que pode jogar com três volantes, mas que essa não é sua prioridade. O treinador explicou como pretende frear a equipe de Tite:

– Uma das coisas que o Brasil faz bem é mexer com a bola, estar com ela. Precisamos mantê-la e, assim, vamos minimizar as possibilidades de ataque deles e reagir com ordem e inteligência, para reduzir os espaços e que eles não tenham possibilidade de gol.

Desfalques: Ninguém.

 — Foto: infoesporte
  • Árbitro: Nestor Pitana, da Argentina.
  • Auxiliares: Jose Antelo, da Bolívia, e Ezequiel Brailovsky, da Argentina.
  • Quarto árbitro: Leodan Gonzalez, do Uruguai.
  • VAR: Mauro Vigliano, da Argentina.

Equador x Peru

O outro jogo da chave acontece um pouco mais cedo, às 18h, no Estádio Olímpico de Goiânia.

Embalado pela vitória sobre a Colômbia, na última rodada, o Peru tenta ganhar mais uma para já garantir classificação nas quartas de final.

O Equador, por sua vez, próximo adversário da seleção brasileira, ainda busca o primeiro triunfo nesta Copa América para deixar a lanterna do grupo B. Nas outras rodadas, os equatorianos perderam para a Colômbia e empataram com a Venezuela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: