Bolsonaro tem “evolução satisfatória”, mas segue sem previsão de alta

Boletim médico divulgado nesta 5ª feira (15.jul.2021) disse que o presidente Jair Bolsonaro está “evoluindo de forma satisfatória clínico e laboratorialmente”, mas segue sem previsão de alta hospitalar. O presidente está internado no Hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo, para onde foi transferido depois de diagnóstico de obstrução intestinal.

A equipe médica afirmou que manterá o tratamento “previamente estabelecido”, sem indicação de cirurgia. No primeiro comunicado da equipe liderada pelo doutor Antônio Luiz Macedo, foi informado que a possibilidade cirurgia de emergência foi inicialmente descartada.

O hospital disse que depois de realizadas avaliações clínicas, laboratoriais e de imagem optou-se por um “tratamento clínico conservador“, sem a necessidade de intervenção.

Bolsonaro foi transferido para o hospital em São Paulo depois de ficar um dia em observação no HFA (Hospital das Forças Armadas), em Brasília. O presidente chegou ao HFA ainda de madrugada e precisou passar por um procedimento para retirada de líquido do estômago, além de realizar exames.

O doutor Macedo, que cuida do caso do presidente em São Paulo, fez a recomendação de sua transferência para a realização de exames complementares e avaliação de uma possível cirurgia de emergência. O médico foi o responsável pelas cirurgias realizadas em Bolsonaro depois da facada sofrida da na campanha eleitoral de 2018.

Em suas páginas nas redes sociais, o filho mais velho do presidente, senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), afirmou que o pai acordou “bem-disposto” nesta 5ª feira e que se continuar assim não precisará de um nova cirurgia. Bolsonaro também usou as redes para se manifestar. Ele publicou uma mensagem com símbolos de “joia” e com a bandeira do Brasil.

Eis a íntegra do boletim médico:

O Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, segue internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, evoluindo de forma satisfatória clínico e laboratorialmente.  Permanece o planejamento terapêutico previamente estabelecido. O Presidente segue sem previsão de alta hospitalar.

Direção médica responsável:

Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo – Cirurgião-chefe

Dr. Ricardo Camarinha – Cardiologista do Presidente

Dr. Leandro Echenique – Clínico e Cardiologista

Dr. Antônio Antonietto – Diretor médico do Hospital Vila Nova Star

Dr. Pedro Henrique Loretti – Diretor Geral do Hospital Vila Nova Star

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: