fbpx

Bolsonaro diz que vai dialogar com caminhoneiros para ‘tomar uma decisão’

 Após apelar em áudio para que caminhoneiros liberassem as rodovias do país, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), disse nesta quinta-feira, 9, a apoiadores que vai conversar com a categoria para “tomar uma decisão”.

“Vou conversar com os caminhoneiros para a gente tomar uma decisão”, afirmou o chefe do Executivo no período da manhã. Ele disse, ainda, que vai falar com representantes da classe entre os intervalos de sua participação na Cúpula do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), que ocorre nesta quinta.

No Rio, pistas da BR-040, a rodovia Washington Luís, chegaram a ser bloqueadas por caminhões no quilômetro 113, na altura da Refinaria de Duque de Caxias (Reduc), sentido Petrópolis. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) liberou o trânsito por volta das 7h, mas o trecho ainda apresenta 1km de lentidão.

Está prevista também para esta manhã reunião do presidente com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, para tratar dos bloqueios promovidos por caminhoneiros.De acordo com o Ministério da Infraestrutura, com base em informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), às 8 horas desta quinta foram registrados pontos de concentração em rodovias federais de 15 Estados, com 10% de redução de ocorrência desde o último boletim da madrugada.

Ainda nesta quarta-feira, 8, após o início das paralisações, Bolsonaro chegou a enviar um áudio para a categoria, pedindo que as rodovias fossem liberadas porque o bloqueio “prejudica todo mundo”.

“Deixa com a gente em Brasília aqui e agora. Mas não é fácil negociar e conversar por aqui com autoridades. Não é fácil. Mas a gente vai fazer a nossa parte aqui e vamos buscar uma solução para isso, tá ok? E aproveita, em meu nome, dá um abraço em todos os caminhoneiros”, disse o presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: