Bolsonaro divulga data desatualizada sobre entrega de vacina da Janssen

O presidente Jair Bolsonaro divulgou em seu perfil do Twitter a data desatualizada do envio da vacina contra covid-19 pela farmacêutica Janssen. A entrega de 3 milhões de doses estava prevista para ser feita na 3ª feira (15.jun.2021), mas o laboratório suspendeu o envio antecipado.

Na publicação, Bolsonaro diz que a vacina de dose única deverá chegar ao Brasil “até esta terça” e que “vai acelerar o andamento da imunização”“São mais de 600 milhões de doses contratadas até então. Mais de 109 milhões de vacinas distribuídas a todos os estados do Brasil”, afirma o presidente. O post ficou disponível por quase 1 hora antes de ser excluído.

De acordo com o Ministério da Saúde, a Janssen comunicou a suspensão do envio antecipado de 3 milhões de doses nesta 2ª feira (14.jun.2021). Não há uma nova data estabelecida para o envio.  A pasta informou que aguarda a confirmação pela empresa, mas “a expectativa é de que as doses cheguem ainda esta semana ao país em três remessas”.

Em nota, o laboratório não comunicou o motivo do cancelamento, porém disse que segue dialogando com o Ministério da Saúde para possibilitar a disponibilização da vacina o quanto antes. “Compartilharemos novas informações assim que houver atualizações. A companhia está comprometida em oferecer acesso global igualitário à sua vacina contra a covid-19 em um modelo sem fins lucrativos para uso emergencial durante a pandemia. Como parte deste compromisso, reconhece a importância de assegurar que as pessoas no Brasil tenham acesso ágil à sua vacina”, diz o comunicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: