fbpx

Bikes vermelhinhas movimentam o centro comercial do Barroco, em Maricá

A inauguração de mais uma estação das bikes compartilhadas vermelhinhas na última terça-feira (20/07), na Praça do Barroco, principal polo econômico de Itaipuaçu, já mostra os efeitos positivos à população em poucos dias de operação. Além de completar a integração entre pontos estratégicos do distrito, as bikes aumentaram o fluxo de pessoas na região, beneficiando os estabelecimentos comerciais presentes no entorno. 

De acordo com o presidente da Empresa Pública de Transportes (EPT), Celso Haddad, a estação é um marco para Itaipuaçu e para a cidade como um todo. 

“A estação do Barroco completa um ciclo de 20 estações instaladas e em operação em Maricá, sendo quatro em Itaipuaçu. Importantíssima a integração entre a estação do Barroco com as estações do trecho revitalizado da Orla e da Rodoviária de Itaipuaçu, permitindo uma maior mobilidade na região”, destacou. 

Os comerciantes atestam a importância das bicicletas gratuitas por trazer mais movimento ao comércio do bairro. Para Ana de Jesus, de 19 anos, vendedora de salgados que atua no Barroco, a nova estação promove um ambiente de trocas, trazendo turistas que visitam a Orla de Itaipuaçu até a região comercial. 

“Acho que a estação das bikes vermelhinhas na Praça do Barroco, próximo ao meu trabalho, trará ainda mais movimento para a região, porque as pessoas podem vir passear aqui a partir das estações na Orla, deixar a bicicleta na estação da praça e consumir itens dos comércios presentes aqui, o que nos ajuda muito. Além disso, já usei as bikes nos meus momentos de lazer e é ótimo para um passeio em família, interliga demais Itaipuaçu”, afirmou. 

Já Tiffany Faria, de 21 anos, vendedora que trabalha em uma loja de roupas praianas próximo à praça, vê a iniciativa como muito positiva, principalmente em uma região que une mobilidade e um comércio abundante. 

“Como comerciante, acho que as vermelhinhas vão ajudar bastante a nossa área, tornando o centro comercial do Barroco uma opção também de lazer, com pessoas vindo para pedalar em um local de bastante mobilidade urbana, contando com a interligação das bikes e diversas linhas dos ônibus vermelhinhos. Dessa forma, o movimento é facilitado, com várias opções de transporte gratuito para quem vem aqui”, completou. 

Os moradores e turistas que passavam pelo Barroco se mostraram extremamente satisfeitos com a presença de mais uma opção de transporte gratuito na localidade. Na opinião da secretária Mariana de Paiva Souza, de 37 anos, moradora do Jardim Atlântico, as bicicletas são importantes para as atividades corriqueiras e para a saúde. 

“É muito bacana ter essa estação das bicicletas gratuitas aqui na Praça do Barroco. Muitas pessoas que trabalham comigo moram aqui perto e, no horário de almoço, usam as bikes para poderem ir em casa comer, já outros usam no intervalo para espairecer um pouco. É importante para o lazer, para movimentar ainda mais a região e também como um exercício leve, o que contribui para a saúde física e mental”, ressaltou. 

Já a pesquisadora Sandra Lúcia Rodrigues, de 61 anos, moradora do município do Rio de Janeiro que visitava a estação das bicicletas na Rodoviária e depois se encaminhou ao Barroco, demonstrou admiração pelas mudanças no distrito. 

“Conheci Itaipuaçu há mais de 10 anos, vindo só uma vez, e agora vejo uma mudança gigantesca, o que estou achando ótimo. Achei lindas as bikes gratuitas, os ônibus tarifa-zero e pretendo vir visitar a cidade com mais calma, com o objetivo de, futuramente, vir morar aqui. Estou admirada com a estrutura de Itaipuaçu, fotografo tudo que vejo, está excelente”, concluiu. 

As bikes vermelhinhas são reservadas gratuitamente através do aplicativo Vermelhinhas EPT, realizando um cadastro inicial pela plataforma ou presencialmente na sede da EPT (Rua das Gralhas, 113, 2º andar – Camburi). Atualmente, são 200 bicicletas disponíveis à população em 20 estações espalhadas pela cidade, que podem ser identificadas no ícone ‘pedalar’ do aplicativo ou através do site bikeeptvermelhinhas.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: