Biden amplia lista de Trump e proíbe EUA de investir em 59 empresas chinesas

O presidente norte-americano Joe Biden assinou uma ordem executiva nesta quinta-feira (3)  proibindo os americanos de investirem em 59 empresas chinesas suspeitas de estarem ligadas às forças militares da China. 

A decisão expande uma ordem anterior que já havia sido editada na administração de seu antecessor, o republicano Donald Trump. A ordem original, assinada por Trump em novembro, bania os investimentos dos americanos em 31 empresas chinesas que, segundo o governo, “possibilitam o desenvolvimento e a modernização” do exército chinês e “ameaçam diretamente” a segurança dos Estados Unidos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: