Belford Roxo é o primeiro município no Estado do Rio a salvar mais vidas durante a pandemia da Covid – 19

“Os resultados são frutos de um excelente trabalho feito ao longo desses quatro anos e meio de governo”. A frase é do prefeito de Belford Roxo, Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho, ao comemorar o fato de a pesquisa da consultoria Macroplan colocar Belford Roxo em terceiro lugar entre as 100 principais cidades do Brasil –  e a primeira no Estado do Rio de Janeiro – que mais salvam vidas durante a pandemia da Covid-19. De acordo com o levantamento, Belford Roxo só perde para Taubaté (SP) e Petrolina (PE). Na pesquisa anterior, realizada em março, Belford Roxo estava em quarto lugar. O município investe pesado em Saúde desde 2017, quando reestruturou toda a rede, que estava destruída e sem funcionar.

E a cidade tem o que comemorar, pois são duas UPAS e o Hospital Municipal funcionando 24 horas, além do Hospital Fluminense, que é 100% conveniado com o SUS, que dá o suporte também para os pacientes da Covid – 19. Para complementar, as policlínicas, as Unidades Básicas de Saúde e as Unidades de Saúde da Família estão todas funcionando com infraestrutura adequada. Além disso, há ainda o Centro Avançado de Acolhimento Multidisciplinar Pós-Alta Hospitalar, no bairro Xavantes, totalmente utilizado pelos pacientes que se recuperam da Covid-19.

Município supera Belo Horizonte e Florianópolis

Na pesquisa, Belford Roxo ganha até de Belo Horizonte (22º lugar) e de Florianópolis (23º lugar), que são duas metrópoles importantes no cenário nacional. O levantamento é denominado “Análise Comparativa da Evolução dos 100 maiores municípios Brasileiros”. Comparando Belford Roxo com Petrolina – PE, a segunda colocada, destaca-se que Belford Roxo tem mais de 600 mil habitantes, enquanto o município pernambucano tem pouco mais de 350 mil habitantes e renda média per capita de R$ 2.200. A de Belford Roxo é aproximadamente meio salário mínimo (R$ 550,00).

 “Nossa cidade é referência em Saúde no Estado do Rio de Janeiro. Encaramos a pandemia de frente com medidas restritivas, fizemos mais de 20 mil tomografias, mais de 100 mil testes rápidos para detectar a Covid-19 e já vacinamos mais de 80 mil pessoas (incluindo a primeira e a segunda dose) para nos livrarmos o mais rápido possível dessa doença. Quero aqui destacar o empenho da deputada federal Daniela do Waguinho e do deputado estadual Marcio Canella, que estão conseguindo recursos para o município em Brasília e no Governo do Estado”, concluiu.

Medidas sanitárias

Satisfeito com o resultado da pesquisa, o secretário municipal de Saúde, Christian Vieira, enfatizou ainda que a Prefeitura faz sanitização em diversos locais públicos para evitar a propagação do coronavírus. “Distribuímos mais de 420 mil máscaras reutilizáveis à população e quase 200 mil descartáveis aos profissionais de saúde. Fico feliz em participar deste momento do município e quero agradecer aos profissionais de saúde, pois não mediram esforços nesta pandemia. A nossa missão é salvar vidas. E estamos conseguindo”, argumentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: