Bebê espancado pelo pai em São Fidélis deixa UTI

O bebê de apenas dois meses que foi espancado pelo próprio pai em São Fidélis, no Noroeste Fluminense, no início do mês de abril, deixou a UTI do Hospital Ferreira Machado. O pequeno Dominick foi levado para um quarto de enfermaria. Durante o período internado, ele teve piora no quadro, foi intubado duas vezes, mas conseguiu se recuperar.

O caso ocorreu no início do mês de abril deste ano. Segundo a polícia, João Carlos Loyola confessou o crime e disse que perdeu o controle com o choro insistente da criança. O bebê foi socorrido para o Hospital Armando Vidal, com diversas mordidas pelo corpo, além de afundamento de crânio e fratura de costelas.

Ana Carolina Souza, mãe da criança, mentiu para os agentes da 134º Delegacia de Polícia (DP) de Campos dos Goytacazes. Ela contou aos policiais que os ferimentos do bebê aconteceram durante um sequestro após sair de casa à procura do marido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: