Barra Mansa é primeiro lugar na região do Médio Paraíba em atendimento odontológico

A classificação se refere ao primeiro quadrimestre de 2022 e é realizada pela Secretaria de Saúde do Estado, através do SIAB e e-Gestor Atenção Básica

Barra Mansa se mantém na primeira colocação no atendimento odontológico à população no ranking das cidades que compõem a região do Médio Paraíba. A marca é resultado de um conjunto de ações voltadas à promoção e proteção da saúde bucal, desenvolvido por profissionais da atenção básica (cirurgiões dentistas), coordenação, Secretaria de Saúde, Centros de Especialidades Oral e Programa Saúde nas Escolas.

Segundo o secretário de Saúde, Sérgio Gomes, a classificação se refere ao primeiro quadrimestre de 2022 e é realizada pelo Governo do Estado, por meio do SIAB (Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica) e a plataforma e-Gestor Atenção Básica, tendo como base a proporção do número de primeiras consultas realizadas e tratamentos concluídos, com alta do paciente. “Esta rotina de planejamento é eficaz, produz resultados e possibilita tratar o maior número de pessoas com serviços de qualidade”.

A coordenadora odontológica do PSF (Programa Saúde da Família), Ana Olímpia da Silva Cruz, acrescentou que o trabalho de prevenção é sistematicamente efetuado por meio do PSE (Programa Saúde nas Escolas) e das salas de espera que ocorrem em todas as unidades de saúde. “Desta maneira, trabalhamos a promoção e prevenção em saúde bucal, minimizando os agravos. Nas escolas, também oferecemos aos alunos a aplicação do flúor”.

Atualmente, Barra Mansa conta com atendimento odontológico em 36 dos 44 PSFs, no horário de 7 às 16 horas. A previsão é implantar o serviço em todas as unidades de PSFs até o fim deste ano.

A média é de 15 consultas por dia, previamente agendadas, além dos casos de urgência. Nos PSFs são realizados tratamentos odontológicos clínicos como: restaurações, limpeza, flúor, raspagens e extrações. Para atender a demanda a rede que integra a saúde bucal do município conta com 36 dentistas nas unidades de PSF para a realização do tratamento clínico e outros 24 dentistas para a realização dos procedimentos especializados, que acontecem nas Sirenes dos bairros Boa Sorte e Vila Nova, e nos Centros Especializados de Saúde Oral do Nove de Abril e Centro da cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.