Atlético de Madrid suspende três sócios por insultos racistas contra Vini Jr.

O Atlético de Madrid suspendeu três sócios que foram identificados entre os autores de insultos racistas contra Vini Jr, por ocasião da partida entre o time e o Real Madrid, no último domingo.

De acordo com reportagem do Marca, o Atlético deve abrir uma apuração interna para confirmar a responsabilidade dos três sócios. Caso se confirme o caso, eles serão expulsos do quadro social.

O clube colchonero segue apurando com imagens da partida outros torcedores responsáveis por xingamentos racistas contra Vini Jr. O Atlético de Madrid já se manifestou repudiando o episódio e prometendo punir os responsáveis.

A inimosidade cresceu a partir do momento em que Koke, do Atlético de Madrid, afirmou em entrevista que Vini Jr. não deveria comemorar dançando, caso marcasse um gol no clássico.

Em seguida, um empresário de jogadores deu entrevista a um canal de TV afirmando que as danças de Vini Jr. nas comemorações de gols era “coisa de macaco”.

Depois disso, torcedores do Atlético de Madrid passaram a insultar Vini dentro e fora do Wanda Metropolitano, onde o Real Madrid venceu o clássico por 2 a 1.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.