fbpx

Asteroide é detectado horas antes de ser o mais próximo à Terra em 2021

Um pequeno asteroide, identificado pela Nasa como 2021 RS2, se tornou o fragmento a passar o mais próximo à Terra no ano de 2021 apenas horas após ter sido localizado pelos sistemas da agência espacial americana.

Segundo o Centro de Pequenos Objetos Próximos à Terra (CNEOS), que faz o monitoramento constante de asteroides e outros fragmentos espaciais, o 2021 RS2 aproximou-se ao máximo no dia 7 de setembro, às 04h28 (horário de Brasília).

A distância foi realmente curta em termos astronômicos: o asteroide estava a 15,340 km da superfície da Terra, medida um pouco maior do que o diâmetro do planeta.

Porém, o 2021 RS2 é um fragmento pequeno, com apenas 3,5 metros de diâmetro. Segundo o pesquisador Eddie Irizarry, que colaborou com uma análise do caso para o site especializado “EarthSky”, o asteroide provavelmente se desintegraria assim que atingisse a atmosfera da Terra.

O momento poderia causar, ao menos, algum espetáculo visual.

Segundo Irizarry, asteroides como estes são difíceis de serem detectados com antecedência, mas geralmente todos acabam eventualmente sendo identificados pelos monitoramentos altamente tecnológicos da Nasa e outras agências espaciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: