Arthur Lira decide trocar diretor-geral da Câmara dos Deputados

Sérgio Sampaio em imagem de 2017, quando era secretário da Casa Civil do governo do DF — Foto: Tony Winston/Agência Brasília

O presidente da CâmaraArthur Lira (PP-AL), decidiu exonerar do cargo o atual diretor-geral da Casa, Sérgio Sampaio. O nome do substituto ainda não foi divulgado.

A troca foi confirmada à TV Globo neste sábado (13) por Sampaio, que é servidor da Câmara há mais de 30 anos e deve ser remanejado para outro posto.

Até a publicação desta reportagem, ainda se aguardava retorno da assessoria de Arthur Lira. A exoneração de Sampaio e a indicação do novo diretor só passam a valer quando forem publicadas no Diário Oficial da Câmara dos Deputados.

“Considero absolutamente normal [que haja] mudanças de cargos estratégicos da instituição, em momentos de renovação da Mesa Diretora”, afirmou Sérgio Sampaio.

Na prática, no entanto,Sampaio foi diretor-geral durante 15 dos últimos 20 anos. O advogado assumiu o cargo em 2001 e só se afastou da posição em duas ocasiões – entre 2011 e 2013, para atuar como Secretário-Geral da Mesa Diretora da Câmara; e entre 2015 e 2018, quando foi chefe da Casa Civil do Distrito Federal no governo Rodrigo Rollemberg (PSB).

Ao longo desse período, a presidência da Câmara foi ocupada por deputados de seis legendas: PSDB, PFL (atual DEM), PT, PCdoB, PMDB (atual MDB) e o próprio PP de Arthur Lira.

O que faz o diretor-geral

Segundo o site da Câmara dos Deputados, compete à diretoria-geral “planejar, coordenar, orientar, dirigir e controlar todas as atividades administrativas da Casa, de acordo com as deliberações da Mesa”.

“A ela estão diretamente subordinadas, entre outros órgãos, a Diretoria Legislativa, a Diretoria Administrativa e Diretoria de Recursos Humanos”, prossegue o texto.

Na última semana, por exemplo, coube a Sérgio Sampaio informar os jornalistas sobre a decisão do presidente Arthur Lira de alterar o local do comitê de imprensa da Câmara. A estrutura atual será desfeita para dar lugar ao gabinete do próprio presidente.

Em setembro, ainda na gestão do ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ), Sampaio participou da divulgação de uma proposta inicial de reforma administrativa da Casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: