Após nove contratados, Botafogo ainda quer reforços para defesa, meio de campo e ataque

Após nove contratações nesse início de temporada, o Botafogo ainda tem negociações para suprir outras carências do elenco. Defesa, meio de campo e ataque estão na mira da diretoria. A intenção é dar novas opções de velocidade no ataque, para a criação e as laterais.

O lado direito da defesa é prioridade. Contratado até dezembro de 2021, Jonathan não teve tempo para treinar e se entrosar com o elenco e, mesmo assim, assumiu a titularidade assim que foi apresentado no Estádio Nilton Santos. Seguro defensivamente, o jogador de 28 anos participou de três dos quatro jogos do Botafogo na temporada e, hoje, é praticamente a única opção para a posição.

Isso porque as três alternativas no elenco não convencem desde 2020. Kevin foi titular na última temporada mesmo sob muitas contestações. Em 38 jogos, acumulou falhas importantes e está praticamente descartado para essa temporada. Barrandeguy e Cascardo já foram preteridos antes e continuam sem espaço, tanto que não foram relacionados nesse início de 2021.

Ao lado de Chamusca, diretoria busca novos reforços — Foto: Vitor Silva/Botafogo

O clube também quer reforçar a lateral esquerda. O jovem Hugo subiu há pouco tempo da base e ainda é uma incógnita, enquanto o veterano Guilherme Santos, de contrato renovado, conviveu com lesões nos últimos meses. Para completar, os dois estão no departamento médico no momento. O zagueiro Sousa, de 19 anos, é improvisado na posição.

Outra aposta no setor é Paulo Victor, do sub-20. O garoto está no Botafogo desde o fim de 2020 e é observado com euforia. Ele participou de sete jogos na base e esteve em campo na estreia do time na Copa do Brasil da categoria, quando o Bota goleou o Castelo-TO por 10 a 0. Foi relacionado por Chamusca nas últimas partidas.

Contratações do Botafogo para 2021

  • Goleiro: Douglas Borges
  • Lateral-direito: Jonathan
  • Zagueiros: Carli e Gilvan
  • Meio-campistas: Matheus Frizzo, Pedro Castro e Felipe Ferreira
  • Atacantes: Marcinho e Ronald

Entre as nove contratações até o momento, estão três meias e dois atacantes. O clube ainda acertou a vinda de outro meio-campista, Ricardinho, que rescindiu com o Ceará. Apesar de detectar a necessidade de reforçar mais o meio de campo, principalmente com um jogador com características de criação, o Botafogo entende que o ataque também demanda mais peças.

Em meio às negociações e à montagem do elenco, Chamusca prepara o Botafogo para o primeiro grande adversário da temporada de 2021: no próximo domingo, às 18h, vai enfrentar o Vasco em São Januário, pela quarta rodada da Taça Guanabara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: