fbpx

Após mais de 40 dias de seca, deve chover em São Paulo

A previsão do tempo aponta para a possibilidade de chuva na capital paulista e na Grande São Paulo entre domingo (29) à noite e terça-feira (31). Durante a tarde de domingo, o tempo já deve fechar e ficar nublado.

Ela deve chegar à capital paulista entre domingo chega após 46 dias sem chuva praticamente na Grande São Paulo. Já na região metropolitana do estado, não há chuvas de grande porte há mais de 100 dias. A última chuva volumosa foi no dia 16 de abril, segundo o INMET. Desde então, não houve nenhuma chuva acima de 10 milímetros na área.

Neste domingo, o Sul e o Leste do estado apresentam possibilidade de chuva até terça-feira.

No domingo, a temperatura deve ficar entre 17ºC e 29ºC na capital paulista, com cerca de 2mm de chuva. A maior parte da chuva está prevista para segunda-feira (30) e terça na capital.

Na terça, a temperatura cai bastante, variando entre 14ºC e 19ºC, com a previsão de 25mm de chuva.

Além do tempo seco e a poluição, o nível dos reservatórios que abastece o Estado preocupa, porque cai a cada dia. O sistema Cantareira, responsável pelo abastecimento de aproximadamente 40% da Grande São Paulo, tem menos da metade da capacidade- cerca de 7 milhões de pessoas. O sistema teve apenas dois dias de alta desde 1º de abril, início do período de estiagem.

Em 26 de julho de 2013, ano da pré-crise de abastecimento, o índice era melhor: 53,8%.

Multa se não economizar

E para fazer a população economizar água, a Prefeitura publicou, no Diário Oficial da cidade deste sábado (28), um decreto que prevê até multa para quem lavar a calçada com água tratada ou potável.

A fiscalização será feita por agentes das prefeituras regionais, com apoio da Sabesp.

Não pode lavar a calçada com água tratada da Sabesp usando mangueira e balde, sob pena de multa de R$ 250.

No primeiro flagrante, os agentes aplicaram a pena de advertência. Em caso de reinciência, poderão multar. E a multa pode dobrar se a pessoa insistir em usar água tratada para lavar a calçada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: