22 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Após denúncias de fechamento de igrejas no Complexo de Israel, PM faz operação nas comunidades

A Polícia Militar realiza uma operação na manhã desta segunda-feira (8) nas comunidades do Complexo de Israel, na Zona Norte do Rio. A ação conta com agentes do 16º BPM (Olaria) com apoio do Grupamento Especializado de Salvamento e Ações de Resgate (GESAR) e do Comando de Operações Especiais (COE) .

A corporação afirma que a operação tem como objetivo combater o crime organizado e disputas territoriais. A ação também acontece após denúncias de que igrejas católicas da região celebrassem cerimônias.

Os policiais estão nas comunidades Cinco Bocas, Cidade Alta, Pica-Pau, Parada de Lucas e Vigário Geral.

Igrejas

A ação acontece após denúncias afirmarem que o traficante Álvaro Malaquias Santa Rosa, conhecido como Alvinho ou Peixão, proibiu que igrejas católicas de Brás de Pina e Parada de Lucas celebrassem missas, casamentos ou batizados. Antes disso, ele já havia proibido terreiros de matrizes africanas.

Peixão está foragido. Contra ele, há ao menos 9 mandados de prisão por crimes variados.

No final de semana, as missas e eventos, como festas juninas e homilias, foram canceladas.

As igrejas afetadas são as paróquias de Santa Edwiges e de Santa Cecília, em Brás de Pina, e Nossa Senhora da Conceição e Justino, em Parada de Lucas.

Igreja de Santa Edwiges fechada neste sábado (6) — Foto: Arquivo pessoal
Igreja de Santa Edwiges fechada neste sábado (6)

Fosso

Os criminosos instalaram fossos para evitar o avanço dos policiais pelas ruas do Complexo de Israel.

Vistas de cima, as armadilhas parecem ter o mesmo tamanho e uma padronização.

Fosso em rua do Complexo de Israel, na Zona Norte do Rio de Janeiro — Foto: Reprodução/ TV Globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *