Após concluir caso Flordelis, delegado é transferido da DHNISG

Após sete meses a frente da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo, o delegado titular Allan Duarte deixará a especializada e assumirá a distrital do Mutuá (72° DP), em São Gonçalo. A transferência foi divulgada no Boletim Interno da Polícia Civil desta sexta-feira (18), e a troca deve acontecer até a próxima terça-feira (22). 

Allan, que já havia sido delegado assistente na especializada voltou para a DH no auge das investigações sobre o Caso Flordelis – Deputada e pastora apontada como mandante da morte do marido, Anderson do Carmo -, ele deixa o cargo após concluir as investigações,iniciadas pela delegada Bárbara Lomba, e indiciar Flordelis e outras dez pessoas pelo crime. 

“Assumimos com o compromisso de dar uma solução para o caso da morte do Pastor Anderson do Carmo e a resposta foi dada em tempo recorde. Desde maio o inquérito já estava relatado responsabilizando criminalmente 11 pessoas por esta morte cruel e covarde”, informou. 

Sempre falando sobre o prazer que era trabalhar “na sua casa”, Allan comentou o que estava sentindo ao deixar a especializada pela segunda vez.

“O sentimento é de dever cumprido, pois foram os melhores números alcançados desde 1991. Nunca houve uma queda tão grande no número de homicídios em qualquer gestão anterior a essa. Mas a sensação é sempre a de que havia muito mais a ser realizado. A DHNISG é uma extensão da minha casa, um lugar que guardo um carinho especial”. Ele deixa o cargo após concluir as investigações,  iniciadas pela delegada Bárbara Lomba

Para os colegas de trabalho Allan não esconde o desejo de voltar para a especializada.

” A mensagem que eu deixo para os policiais que seguem na especializada é de agradecimento pelo empenho e faço um pedido para que eles continuem firmes e fortes no combate a letalidade violenta. Esta saída pode ser um até breve, pois desejo retornar futuramente quando precisarem da minha força de trabalho”, disse o policial de 39 anos, que vai assumir sua terceira titularidade, com somente dez anos de carreira. 

Já conhecendo a região que assumirá nos próximos dias, Allan sabe que o trabalho não será fácil.

“A área do Salgueiro é um desafio para a nossa gestão. Vamos atuar com inteligência e não mediremos esforços para trazer a paz para essa comunidade, pois os trabalhadores e pessoas de bem que moram nesta região precisam de uma resposta positiva do Estado”, garantiu o delegado. 

Outras trocas 

Allan vai assumir a 72°DP no lugar do delegado Fábio Asty Dantas, que irá para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, em Niterói. 

Na 73° DP (Neves) os delegados Mário Monerat e Fábio Pacífico vão ser substituídos pela delegada Carina da Silva Bastos, que atuava na Praça da Bandeira. 

O delegado Tiago Venturini deixa a 74° DP(Alcântara) e Lauro Rangel assume a distrital. 

Cláudio Otero deixa a titularidade da 75°DP (Rio do Ouro) para assumir a 77° DP (Icaraí). Ele será substituído por Cláudio Vieira de Campos. 

Na 76° DP (centro) os delegados Leonardo Borges e Tiago Dorigo serão substituídos pelos delegados Paulo André Sousa da Silva e Luiz Henrique Marques. 

Luiz Jorge Rodrigues deixa a titularidade da 78° DP (Fonseca) e Geraldo Assad Estefan assume a distrital. 

Na 79° DP ( Jurujuba), o titular Gabriel Ferrando será substituído por Delmir da Silva Gouveia. 

Raíssa Celles assumirá a delegacia de Itaipu (81° DP), e Renato Perez deixará a distrital de Maricá  (82° DP).

As trocas foram anunciadas na manhã desta sexta-feira (18) e deve acontecer ao longo da próxima semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: