14 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Aniversário do Rio: entrada gratuita no Museu do Amanhã e no MAR é o destaque da programação

A exposição “Um Defeito de Cor” é baseada no livro da escritora mineira Ana Maria Gonçalves

A cidade do Rio faz 458 anos nesta quarta-feira e, na programação, tem a Maratona Cultural Carioca, com muitas atrações gratuitas para a população até o fim de março. Neste dia 1º, o público não paga ao visitar o Museu de Arte do Rio (MAR) e, no Museu do Amanhã, a gratuidade é válida para quem nasceu ou vive no município. É necessário comprovar naturalidade ou residência na capital.

No Museu do Amanhã, duas exposições estão em cartaz: “Amazônia de Sebastião Salgado”, resultado de 48 expedições do fotógrafo entre 2013 e 2019 para registrar a floresta e a presença ativa dos povos indígenas na região, e “Nhande Marandu – Uma História de Etnomídia Indígena”, que traz produções contemporâneas desses povos. O destaque no vizinho MAR é a prorrogação de “Clara Nunes”, mostra com fotos inéditas que marcam a relação da artista com o Rio.

A programação da maratona, preparada pela Secretaria Municipal de Cultura, está disponível no Instagram @cultura_rio. Os eventos serão realizados em equipamentos municipais da cidade. Terá sarau em Vista Alegre, oficina de funk na Penha, lançamento de livro em Realengo, feirinha em Guadalupe, passeio guiado na Maré e festival em Jacarepaguá, entre outras atrações.

O programa Cultura com as Crianças também estará presente em diversos teatros e espaços de espetáculos, como lonas, arenas e areninhas.

Maratona Cultural Carioca – Adulto

Museu do Amanhã – Praça Mauá, 1

Todas as exposições com entrada gratuita para cariocas e residentes no dia 1°/03:

Exposição “Nhande Marandu – Uma História de Etnomídia Indígena”, que traz produções contemporâneas dos povos indígenas

Ter a dom, das 10h às 17h. Até 30/04. R$ 30. Livre.

Exposição “Amazônia de Sebastião Salgado”

Ter a dom, das 10h às 17h. Até 30/04. R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia). Livre.

Museu de Arte do Rio (MAR) – Praça Mauá, 5

Todas as exposições com entrada gratuita no dia 1°/03

Exposição “Clara Nunes”, reunindo fotos inéditas que exploram a relação da artista com o Rio

Qui a dom, das 11 às 18h (última entrada às 17h). 19/03. Grátis. Livre.

Exposição “Todos iguais, todos diferentes?”, de Pierre Verger

Qui a dom, das 11h às 18h (última entrada às 17h). 30/04. R$ 20. Livre.

Exposição “Lataria Espacial”, de Emmanuel  Nassar

Qui a dom, das 11h às 18h (última entrada às 17h). 05/03. R$ 20 . Livre.

Exposição “Um Defeito de Cor”, uma interpretação do livro de mesmo nome da escritora mineira Ana Maria Gonçalves

Qui a dom, das 11h às 18h (última entrada às 17h). 21/05. R$ 20. Livre.

Centro de Artes Hélio Oiticica – Rua Luís de Camões, 68, Praça Tiradentes

Visitação mediada ao “Programa Hélio Oiticica”

Sáb, às 10h e às 15h. Durante todo o mês de março. Grátis. Livre.

O Programa Hélio Oiticica é um processo experimental da construção de uma série de obras e performances inéditas do artista. É um processo coletivo que pretende conectar artes visuais, teatro, música, arquitetura, poesia, dança, inovação, diversidade, sustentabilidade, permacultura, yoga, física, e muitos outros campos do conhecimento. O processo criativo de Hélio Oiticica era o que ele batizou de “Delirium Ambulatório”, que consistia em andar pela cidade, em especial o Rio de Janeiro. A partir desses vislumbres, surgiam as obras, anotadas em desenhos e textos. A exposição devolve esses delírios à cidade.

Ocupação de fotógrafos populares – Fotografias do Rio a partir do subúrbio e favelas

Seg a sex, das 10h às 18h. De 1º/03  a 1º/04. Grátis. Livre.

Troca-troca de livros solidário em comemoração aos 458 anos da cidade

Todas as quartas-feiras de março, das 10h às 18h. Leve um quilo de alimento não perecível e ganhe um catálogo de arte contemporânea. Livre.

Arena Carioca Carlos Roberto de Oliveira (Dicró) – Parque Ary Barroso: Entrada pela, R. Flora Lôbo, s/nº, Penha Circular

Oficina “#Estudeofunk”

Qua (1°/03), às 20h. Grátis. 16 anos.

Programa de aceleração artística e desenvolvimento de jovens talentos do funk carioca, marca presença no dia 1º de março na Arena Dicró, na Penha, comemorando com o bairro e a Prefeitura do Rio o aniversário da cidade do Rio de Janeiro.

Lona João Bosco – Av. São Félix 601, Vista Alegre

Sarau “Ela é carioca”

*CASARTI – Casa do Artista Independente (endereço provisório): Rua Capitão Cruz, 741 (fundos), Cordovil.

Qua (1°/03), às 18h. Grátis. Livre.

Areninha Carioca Gilberto Gil – Av. Marechal Fontenele, 5.000, Realengo

Lançamento do livro “Traduções da Alma”, de Alexandre Martins

Qua (1°/03), às 20h. Grátis. Livre.

Lona Cultural Terra – Rua Marcos de Macedo, s/n°, Guadalupe

Feirinha cultural “Pedaço Carioca”

Qua (1°/03), às 9h. Grátis. Livre.

As ações e atividades da Lona Terra se reúnem para uma comemoração do aniversário da cidade do Rio. Ocorrendo de manhã e início da tarde, o evento contará com uma feirinha, apresentações de parceiros culturais locais,  música ao vivo; e com a participação das oficinas da Lona Terra. Será uma exaltação da carioquice neste pedacinho da cidade.

Lona Cultural Herbert Vianna – Rua Evanildo Alves, s/n°, Maré

Passeio cultural “Pelos Acessos”, com jovens e adolescentes

Qua (1°/03), às 14h. Grátis. 12 anos.

A atividade é uma saída cultural promovida pela Lona Cultural Herbert Vianna, em parceria com o curso preparatório da Redes da Maré, voltada para jovens e adolescentes que procura contar a história da cidade do Rio de Janeiro, a partir da comunidade da Maré. Para isso está previsto um passeio pelo conjunto de favelas da Maré, com jovens e adolescentes que frequentam o curso.

Lona Cultural Jacob do Bandolim – Praça do Barro Vermelho, s/n°, Jacarepaguá

Festival “Vem que ainda é carnaval!”

Qua (1°/03), às 14h. Grátis. Livre.

Na celebração dos 458 anos do Rio de Janeiro, a Lona Jacob do Bandolim segue em ritmo de carnaval, em um evento festivo com feijoada, muito Samba, Workshop de Percussão e o “Bloco da Jacob”, composto por alunos das oficinas e membros de baterias de escolas do Grupo Especial.

As oficinas serão ministradas por Mestre Pipa, “O Agogô dos famosos” (Grande Rio, Império Serrano e Império do Futuro).

Areninha Carioca Renato Russo – Parque Poeta Manuel Bandeira, s/nº, Cocotá – Ilha do Governador

Mostra cultural “Rio de Diversidade”

Qua (1º/03), às 19h. Grátis. Livre.

Apresentações de Sunday Queen, Priscila Lima e Luan Marques.

Biblioteca José Bonifácio – Rua Pedro Ernesto, 80, Gamboa

Exposição “Rio 458 anos”

Qua a sáb, das 10h às 17h. Durante todo o mês de março. Grátis. Livre.

Em comemoração aos 458 anos da cidade do Rio de Janeiro, a Biblioteca José Bonifácio preparou uma exposição com obras referentes à história do município.

Biblioteca Annita Porto Martins – Rua Sampaio Viana, 357, Rio Comprido

Exposição de livros sobre o Rio de Janeiro

Seg a sex, das 9h às 17h. Durante todo o mês de março. Grátis. Livre.

Oficina de escrita criativa com produção de conto sobre a cidade

Qua (1º/03), às 10h. Grátis. 16 anos. Inscrições já abertas.

Biblioteca Écio Salles – Rua Vice Governador Rubens Berardo, 100, Gávea

Festival Histórico Brasileiro apresenta dramatização imersiva sobre fundação da cidade do Rio de Janeiro

Qua (1º/03), às 14h. Grátis. Livre.

O grupo do Festival Histórico Brasileiro apresenta uma breve dramatização da história da Fundação da Cidade do Rio de Janeiro. Com figurinos de época e um primoroso trabalho de pesquisa a partir dos livros da Biblioteca Ecio Salles. Na sequência, contação de  histórias  e uma divertida atividade de  fotos com roupas de época.

Biblioteca Manuel Ignácio de Alvarenga – Rua Amaral Costa, 140, Campo Grande

Roda de conversa com oficina de texto literário “Rio de Janeiro Cidade Misteriosa”

Qua (1º/03), às 13h30. Grátis. 14 anos.

O INEAC, em parceria com a BP MISA, desenvolverá uma Roda de Conversa e uma Oficina de Texto Literário, em homenagem ao Aniversário da Cidade Maravilhosa. Atividade voltada aos nossos jovens leitores.

Biblioteca Cecília Meireles – Praça Geraldo Simonard, s/n°, Pechincha

Cineclube “Cinema na Biblioteca – Rio 458 anos”

Qua (1°/03), às 11h, 14h e 16h. Grátis. Livre.

Sessão de filmes e curtas mostrando a identidade carioca, vamos assistir juntos na biblioteca Cecília Meirelles filmes cariocas da gema que marcaram época, comemoração do aniversário dessa cidade cheia de histórias.

Espaço de Leitura Maria Firmina dos Reis – Rua Afonso Cavalcanti, 455/240, Cidade Nova

Sarau “Sons e imagens do Rio”

Qua (1°/03), das 8h às 17h. Grátis. Livre.

Voz e violão com Edson Gama, das 12h às 12h30, e projeção de imagens do Rio de Janeiro durante o dia todo.

Espaço de Leitura Moacyr Teixeira – Rua Doze, 1, Santa Cruz

Exposição “Santa Cruz, bairro imperial, o início da cidade”

Seg a sex, das 10h às 17h. Durante todo o mês de março. Grátis. Livre.

A exposição ficará no Espaço durante todo o mês de março e abordará um ponto cultural importante no bairro de Santa Cruz: a Ponte dos Jesuítas. O local, construído em 1752, servia de travessia dos Jesuítas para o centro do bairro, além de regular água do Rio Guandu. A ponte foi restaurada pela prefeitura do Rio em 2022 e é, agora, um ponto turístico da região. A exposição de Roberto Lincoln é feita em quadro em grafite e faz parte do livro “Pedro, o imperador da rua”, o projeto foi contemplado pelo FOCA em 2022 e ainda disponibiliza aos frequentadores da exposição um QRcode para baixar o ebook do autor.

Maratona Cultural Carioquinha – Infantil

Museu do Amanhã –  Praça Mauá, 1, Centro

Brincar é Ciência, com Oficina de Pipa

Qua (1º/03). Grátis.

Programação:

10h30 às 12h: oficina de pipa “Experimentações do brincar” (7 a 12 anos)

11h às 12h30: visita mediada “Trilhar os Amanhãs Temático: Aniversário da cidade” (Livre)

14h às 15h30: visita mediada “Trilhar os Amanhãs Temático: Aniversário da cidade” (Livre)

14h30 às 16h: oficina de pipa “Experimentações do brincar” (7 a 12 anos)

Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro – Est. Santa Marinha, s/nº. Gávea

Visita teatralizada a exposição principal do Museu

Qua (1º/03), às 9h. Grátis. Livre.

Espetáculo “UBUNTU – Histórias de Resistência”

Qua (1º/03), às 10h. Grátis. Livre.

A partir da sabedoria dos ancestrais africanos de inventar e se reinventar, esta proposta inovadora destaca, dentre as novidades, o “Monoteatro”: uma fusão do teatro, com a contação de histórias, a mímica e o teatro de bonecos. Essa estrutura – juntamente com as artes plásticas, a música e a cenografia – permite que o artista conduza sozinho toda uma dramaturgia teatral. Trata-se de uma “engenhoca” criada para tornar possível a manipulação de bonecos e adereços simultaneamente à execução de instrumentos musicais e iluminação.

Concepção, direção e atuação: Millor

Produção: Ju Ladeira

Concerto “Coração do meu Brasil”, com Trio Bohemia Carioca

Qua (1º/03), às 10h. Grátis. Livre.

O trio Instrumental Bohemia Carioca, formado por Patrick Ângelo ao violão, Gabriel Buzunga na percussão e Marcelo Gularte flauta transversal, apresenta uma grande homenagem à Cidade Maravilhosa, por intermédio de compositores de diversas épocas, tais como: Chiquinha Gonzaga, Anacleto de Medeiros, Ernesto Nazaré, Joaquim Antônio Callado, Noel Rosa, Braguinha, Ary Barroso, Vinícius de Moraes, Tom Jobim, Chico Buarque, Gilberto Gil, MCs Cidinho e Doca, entres outros nomes emblemáticos do cancioneiro popular que, ajudaram a construir um repertório de clássicos que enalteceram o espírito festivo do povo carioca.

Centro Carioca da Música Artur da Távola – Rua Conde de Bonfim, 824, Tijuca

Espetáculo “Conta um causo, ganha um aplauso” – Cultura com as crianças

Qua (1º/03), às 14h. Grátis. Livre.

Um repertório especial com os tapetes do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias e ilustrações de tecido originais que trazem narrativas ligadas à Congada de São Benedito – manifestação cultural afromineira tão bem ilustrada por Sérgio Capparelli e Warley Goulart em seu livro “O Congo vem aí” – e a magia da palavra oral nordestina em “O Estribo de Prata”, na voz de Seu Alexandre, personagem icônico da obra literária do alagoano Graciliano Ramos que apresenta o Nordeste Brasileiro como espaço de resistência sociocultural brasileira. Na sessão, entremeada por cantigas da cultura popular brasileira, o grupo narra três contos populares que apresentam o causo como um deslumbrante resultado poético do imaginário popular.

Texto: Os Tapetes Contadores de Histórias – versões de causos inspiradas nas obras “O Estribo de Prata”, de Graciliano Ramos, “Jojo a Vaca” de Olivier Douzou, e “O Congo vem Aí”, de Sérgio Capparelli, que divide com o grupo a criação do homônimo livro, lançado em 2006 pela Global Editora.

Direção e atuação: Rosana Reátegui e Warley Goulart

Duração: 55 min

Centro Cultural Parque das Ruínas – Rua Murtinho Nobre 169, Santa Teresa

Espetáculo “Gramellôs – O Show” – Cultura com as crianças

Qua (1º/03), às 10h. Grátis. Livre.

Eis que chegam à cidade dois shows circenses ao mesmo tempo, marcados para o mesmo horário, no mesmo local. Os melhores palhaços do mundo descobrem que terão que dividir o picadeiro – o duelo está formado. Quem será o melhor? Começa a busca pela vitória: os palhaços apresentam seus números desafiadores e descobrem que podem estragar o show do artista rival. As crianças são os jurados: Quem irá sair do picadeiro com o prêmio de melhor show? A busca pela perfeição mostra ao público o quão paspalhos somos quando queremos “vencer na vida”. A humanidade e o desafio deixam em evidência a beleza de ser que se é e aceitar-se humano e frágil. No final, estamos todos juntos.

Direção: Daniel “Chicho” Poittevin (Coletivo Nopok)

Elenco: Renato Garcia e Tiago Carva

Duração: 50 min

Exposição do “I Prêmio de Fotografia – Visões Cariocas”

Ter a dom, das 9 às 16h. Até 19/03. Grátis. Livre.

Café da manhã especial no Parque das Ruínas

Durante todo o mês de março – em razão do aniversário de 458 anos da cidade -, o Café Mandala Residência Gastronômica, instalado no Parque das Ruínas, servirá um combo de gostosuras incluindo duas fatias de Pão Petrópolis na chapa com manteiga e parmesão, dois ovos mexidos e uma bebida (mate da casa, água de coco, suco de laranja ou chocolate quente) por R$ 22. O comensal ainda ganha um bolinho quentinho do dia, servido numa marmitinha fofa, além da vista privilegiada para a Enseada de Botafogo e o Pão de Açúcar.

Uma das sócias da marca, Flávia Rodrigues informa que o pão servido ali é  da Cafeteria Artemis – Torrefação Artesanal, na Tijuca. O café vem de mais longe,  o rótulo Premier, feito a partir dos grãos cultivados na Fazenda Cachoeira Alta, na cidade de Lajinha (MG), com tradição de mais de 50 anos no cultivo dos cafés especiais (acima de 80 pontos), leia-se altíssima qualidade. Desde o fim do ano passado, o Mandala ocupa o espaço mantido pela Secretaria Municipal de Cultura – via chamamento público.

O café especial de aniversário do Rio será servido no Parque das Ruínas (Rua Murtinho Nobre 169, Santa Teresa) de terça a domingo, das 9h às 16h. Durante todo o mês de março. Entrada grátis. Livre.

Centro Cultural Profª Dyla Sylvia de Sá – Rua Barão, 1.180, Praça Seca

Espetáculo “A Máquina do Tempo” – Cultura com as crianças

Qua (1º/03), às 10h. Grátis. Livre.

Monólogo musical que conta a história de um menino que usa tudo o que tem no seu quarto para construir uma máquina que o permite viajar pelo tempo. Sozinho em cena, Gui Stutz narra e interpreta essa história que é entremeada por uma trilha sonora com canções originais que ele constrói e grava ao vivo. Em sua aventura pelo tempo, o menino encontra piratas e dinossauros, testemunha Santos Dumont voando no 14-Bis, trabalha num circo na década de 1920  e passa por muitas cidades e países até voltar ao presente. Seu desejo  é observar as florestas, os mares e as cidades para entender como o passado se tornou o presente. A dramaturgia faz uso da música para refletir sobre o tempo e propor a construção de um futuro harmônico e sustentável para o planeta Terra.

Interpretação, texto e músicas originais: Gui Stutz

Direção e dramaturgia: Denise Stutz

Arena Carioca Fernando Torres – Rua Bernardino de Andrade, 200, Madureira (portão 4 do Parque Madureira)

Espetáculo “Experiência Griot” – Cultura com as crianças

Qua (1º/03), às 10h. Grátis. Livre.

Trabalho de vivência cultural africana com as crianças da Cidade do Rio de Janeiro nas suas diversas áreas de planejamento. Durante 2 meses, o griot senegalês Pape Babou Seck, atualmente residente no Rio, irá percorrer 8 equipamentos municipais, em sua maioria, bibliotecas públicas, facilitando contação de histórias, cantos, danças e cultura para crianças e adolescentes. Ao final da circulação, realizar-se-á um trabalho de edição das imagens registradas durante o percurso, para eternizar o conteúdo ensinado/apresentado, e distribuí-lo, de forma on-line, a equipamentos que preservam a herança africana no Brasil.

Arena Carioca Jovelina Pérola Negra – Praça Ênio, s/nº, Pavuna

Espetáculo “Dando Ouvidos” – Cultura com as crianças

Qua (1º/03), às 10h. Grátis. Livre.

Um espetáculo solo, direcionado ao público infantil, idealizado para o ar livre, que quer escutar o que as crianças têm a dizer sobre semente, nascimento, vida e morte. A montagem será um Brinquedo-Espetáculo, um convite às crianças a participar de um acontecimento teatral, conectando-se com a atriz e umas com as outras, através de uma narrativa que se constrói com jogos interativos. A atriz traz para a cena a técnica da palhaçaria e sua vasta experiência como educadora, rompendo as fronteiras entre espaço cênico e plateia.

Texto: Maria Angélica Gomes e Flávia Reis

Direção: Flávia Reis

Elenco: Maria Angélica Gomes e participação especial de Pacari Pataxó

Duração: 40 min

Areninha Carioca Sandra Sá – Rua Doze, 1, Santa Cruz

Espetáculo “Histórias Brincantes” – Cultura com as crianças

Qua (1º/03), às 10h. Grátis. Livre.

Histórias Brincantes é um projeto itinerante de intervenção artístico-literária que se propõe a percorrer espaços das cidades, povoando-os e reavivando-os, por meio das histórias da tradição oral, das brincadeiras e da construção de brinquedos populares. As intervenções são direcionadas para o público em geral: crianças de todas as idades e tamanhos e traz em seu enredo a importância do “sentir-se” parte de um todo na emaranhada teia da vida.

Direção, texto e elenco: Alessandra Prandi e Ricardo Gonçalves.

Teatro Municipal Guignol Méier – Praça Jardim do Méier – Méier

Espetáculo “Malala tinha um Sonho – A Menina que queria ir a Escola” – Cultura com as crianças

Qua (1º/03), às 10h. Grátis. Livre.

Baseado em uma história real, a paquistanesa Malala tinha o sonho de que todas as meninas do seu país pudessem ir à escola. Antes da guerra e de homens do mal existirem, seu país era governado por homens de bom coração, com reis e rainhas, príncipes e princesas justos com seu povo, mas o mal se instalou, entrou no coração de alguns homens. E tudo mudou… Os sonhos, a esperança e a vida das crianças. Mesmo assim, com a força de uma menina muito corajosa, Malala abria um livro e sua imaginação corria solta, imaginava mares de palavras, letras, frases, poesias, contos e prosas e escrevendo no seu blog de internet, sim, ela tinha um blog lá no seu país chamado Paquistão, e foi através do seu blog, que ela falou ao mundo do seu sonho de ir à escola.

Texto e direção: Berg Farias

Elenco:  Berg Farias e Lívia Feltre

Teatro Municipal Guignol Tijuca – Praça Comandante Xavier de Brito, s/n°, Tijuca

Espetáculo “Homem Foca” – Cultura com as crianças

Qua (1º/03), às 14h. Grátis. Livre.

Foi criado se apresentando ao redor do mundo em praças e ruas, usando uma linguagem universal, conseguiu descobrir uma maneira de encontrar palmas e sorrisos em diferentes culturas, usando técnicas finas de malabarismo e comicidade sempre atraindo muitas pessoas e grande intimidade com o público, transformando o show em algo simples, modesto, carinhoso e único.

Direção e atuação: Guga Morales

Duração: 50 min

Biblioteca João do Rio – Av. Monsenhor Félix, 512, Irajá

Contação de histórias infantis com o tema Cidade do Rio de Janeiro

Qua (1º/03) às 16h. Grátis. Livre.

Biblioteca Euclides da Cunha – Praça Danaides, s/nº, Cocotá / Ilha do Governador

Contação de histórias “Recordando e brincando”

Qua (1°/03), às 15h. Grátis. Livre.

Contação de histórias, incluindo lendas, carnaval e brincadeiras antigas do Rio de janeiro, entremeadas de palhaçaria.

Espetáculo musical “Rio: Poesia, Música, Mar e Luar”

Qua (1°/03), às 17h. Grátis. Livre.

Exposição “Rio, Cidade Maravilhosa”

Seg a sex, das 9h às 17h. Durante todo o mês de março. Grátis. Livre.

Fotografias, desenhos, pinturas e maquetes da cidade do Rio de Janeiro e Ilha do Governador. Evento integrante da comemoração dos 458 anos da cidade do Rio de Janeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *